Biomatrix: como despoluir um rio gastando pouco

Biomatrix

A poluição das águas é um dos maiores problemas ambientais. De toda a água disponível no planeta, apenas 2,5% do total é doce (apropriada para consumo humano), 68,9% dessa água encontra-se nos polos, geleiras e icebergs, 29,9% em leitos subterrâneos, 0,7% outras fontes e apenas 0,3% nos rios e lagos – utilizados atualmente para a coleta e distribuição de água – nesses 0,3% estão também as águas contaminadas/poluídas. A poluição das águas fluviais se dá principalmente devido ao excesso de efluentes não tratados derramados diretamente nos rios e corpos d’água; despejos industriais e lixo. Mas ao contrário do que se costuma pensar, despoluir um rio ou manancial não exige muito dinheiro e é mais simples do que se imagina.

Um sistema ecológico criado na Inglaterra, possibilitou a despoluição com baixo custo, incluindo a preservação ou a revitalização da paisagem.

O Sistema de despoluição usada pela Biomatrix Water, realiza um tratamento biológico, onde se utiliza da adição de ar à água e da introdução uma bactéria que se alimenta dos poluentes, fazendo com o que o rio consiga se recuperar muito mais rápido do que em seu processo natural.

O processo natural de recuperação do rio (chamado de autodepuração) se dá a partir de bactérias que decompõem a matéria orgânica (poluente) ali existente, limpando aos poucos o corpo d’agua. Porém esse processo natural pode demorar décadas/séculos dependendo da carga poluidora.

biomatrix1

O sistema da Biomatrix serve como catalizador do processo natural de autodepuração, fazendo com que a decomposição aconteça de forma mais rápida. Para ajudar também são utilizadas ilhas flutuantes compostas de plantas aquáticas capazes de filtrar poluentes - dispensando o uso de produtos químicos. Além disso, a Biomatrix Water faz a revitalização do entorno e obras de infraestrutura, todo esse processo de despoluição e revitalização permite uma vida saudável ao rio e ao entorno, possibilitando a vida de diversas espécies aquáticas e a recomposição da mata ciliar do corpo hídrico.

biomatrix3

O canal Paco, em Manila, capital das Filipinas foi rapidamente despoluído desta forma. O Canal era o destino final para o lixo e esgoto da capital, a partir desta técnica foi possível acelerar o processo natural de autodepuração do rio e modificar positivamente a paisagem local.

Está na hora do Brasil se inspirar em bons exemplos. Esse sistema de tratamento biológico é uma possível solução para o Rio Tietê - que espera há mais de 20 anos pela tão sonhada despoluição - e outros 40% dos rios brasileiros que apresentam qualidade da água ruim ou péssima. O problema é como sempre, não investir em soluções de longo prazo por uma questão política aliada à memória curta do povo. Mas, ao que tudo indica, o povo está mais atento e tende a valorizar ações sustentáveis, mesmo que seus resultados demorem a aparecer. Da mesma forma, o povo também parece estar mais disposto a cobrar por promessas não cumpridas. Esperamos, afinal, fornecer saneamento básico e despoluir as águas deveriam ser as nossas prioridades!

Leia também:

BAÍA DA GUANABARA E LAGOAS DO RIO DE JANEIRO PEDEM SOCORRO

DESPOLUIR A LAGOA RODRIGO DE FREITAS PARA AS OLIMPÍADAS É POSSÍVEL?

RIO DARÁ INICÍCIO ÀS OBRAS PARA A DESPOLUIÇÃO DA BAÍA DE GUANABARA

ABAIXO-ASSINADO COBRA DESPOLUIÇÃO DA BAÍA DE GUANABARA PARA RIO 2016