Toxoplasmose: saiba o que é e evite a contaminação

  • atualizado: 
Toxoplasmose

A taxoplasmose, também conhecida como a doença do gato, é provocada pelo contato das fezes de animais infectados com o homem.

Trata-se de doença silenciosa, o que gera mais perigo ao homem, se contaminado. Os sintomas como febre e fadiga são também comuns a outras doenças, sendo difícil diagnosticá-la no início. Outro sintoma é o inchaço dos gânglios.

Para a EBC, o farmacêutico José Gildo da Silva explicou sobre a toxoplasmose, que é transmitida pelo protozoário Toxoplasma gondii, cujo hospedeiro não é somente o gato, mas também outros animais domésticos e de produção, como os suínos, bovinos, caprinos, aves, animais silvestres. José ressalta a importância de a doença ser tratada a tempo, pois ela pode levar a vários problemas fetais, em mulheres grávidas que a contraírem.

Formas de contágio

A principal forma de contágio da toxoplasmose é a ingestão de carne crua contaminada pelo toxoplasma ou folhas verdes mal lavadas.

O gato é o principal transmissor da doença, devido ao contato de suas fezes com os humanos. Mas outros animais também podem transmiti-la.

Para evitar o contágio, o especialista orienta evitar comer carne crua e lavar as verduras de forma adequada, fazendo uso de hipoclorito de sódio (água sanitária).

O mito sobre o gato

Somente 1% dos gatos transmite a toxoplasmose, logo é muito raro que o animal seja a principal fonte de transmissão. É preciso que as fezes do gato estejam em contato com a boca, pois o gato que contrai toxoplasmose elimina os oocistos (os "ovinhos" do toxoplasma) apenas uma única vez e por apenas 15 dias durante toda a sua vida.

Já as grávidas devem fazer os exames pré-natal para se assegurarem de não terem contraído a doença, sobretudo, no primeiro trimestre de gravidez, período de maior risco para o feto, embora ocorra em um percentual mais baixo de contágio nessa época.

Como evitar a contaminação

O Projeto Esperança Animal (PEA) indica alguns cuidados gerais para serem tomados:

- Lave as mãos antes de comer ou beber;

- Lave as mãos após a manipulação de carne e alimentos;

- Não tome leite sem antes fervê-lo;

- Não tome água de origem desconhecida;

- Não coma carne crua ou mal passada e nem verdura, legumes e frutas mal lavados;

- Não coma embutidos não fiscalizados, de procedência duvidosa;

- Use luvas ao limpar a caixa sanitária de gatos e/ou quando for mexer com jardinagem;

- Se você for vegetariano, já não precisa se preocupar com carnes cruas ou mal passadas, mas tenha muita atenção nas frutas, legumes e verduras bem lavadas.

Cuidados com o gato

- Não o alimente com carne crua ou mal passada;

- Limpe a caixa sanitária 2x ao dia;

- Desinfete a caixa sanitária e a pá com água fervendo por 5 minutos diariamente (se o gatinho estiver doente);

- Evite que seu gatinho tenha acesso à rua (assim evita que ele cace ratinhos, baratas, lagartixas ou então que ele coma alimentos duvidosos);

- Mantenha seu gatinho vacinado e vermifugado;

- Leve seu gatinho frequentemente ao veterinário.

Em suma, é fundamental ter bons hábitos de higiene sempre!

Especialmente indicado para você:

GATO, CACHORRO NA CAMA? VEJA MOTIVOS A FAVOR E CONTRA

COMO LIMPAR E ESTERILIZAR A CAIXA DE AREIA DO GATO DE UMA FORMA NATURAL

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!