A folha da oliveira ajuda na prevenção de diabetes, hipertensão e Alzheimer

folha da oliveira

As propriedades curativas da folha da oliveira já eram conhecidas no antigo Egito. Estas folhas, símbolo do poder divino, também eram usadas na mumificação de faraós. Atualmente já se comprovou, em diversos estudos, que o seu uso tem ação protetora dos sistemas cardiovascular e imunológico mas também que ajuda no controle da pressão arterial, na prevenção do diabetes e até do Alzheimer.

A oliveira é considerada uma árvore sagrada pelos povos mediterrânicos e do médio oriente. São árvores de médio porte, retorcidas e produtivas por longos anos (há oliveiras que ainda produzem com mais de 3 mil anos, veja aqui).

Propriedades medicinais

A oliveira, suas folhas e a azeitona, têm propriedades medicinais conhecidas e estudadas mas, atualmente, o extrato da folha é que interessa para a saúde. O extrato da folha da oliveira tem ação antibacteriana, antifúngica e antiviral e é usado no tratamento de diversos problemas: candidíase, meningite, encefalite, gripe, herpes, hepatite B, pneumonia, malária, dengue, tuberculose, gonorreia, diarreia, infecções nas vias urinárias, nos ouvidos, nos dentes e até para reforçar o tratamento de aids.

Também tem forte ação protetora do coração, veias e artérias, mantendo todo o sistema cardiovascular em funcionamento equilibrado e saudável. Para a obtenção desses efeitos curativos é importante que se faça uso regular do extrato da folha de oliveira. Em uso prolongado, o extrato da folha de oliveira é capaz de reverter, inclusive, a aterosclerose.

Estudos científicos sobre o uso do extrato da folha da oliveira

Um estudo mostrou que a oleuropeína, componente ativo na folha da oliveira ajuda a regular o açúcar do sangue, eliminando seu excesso. Outro estudo  determinou seu potencial antiglicêmico. E ainda, outro estudo afirma que o uso do extrato da folha da oliveira pode atenuar as lesões neuropáticas secundárias nos casos de diabetes avançada.

Outro estudo mostrou que o uso do chá de folha de oliveira tem potencial redutor da pressão arterial semelhante ao medicamento captopril.

Sobre a ação antioxidante e antimicrobiana do extrato das folhas da oliveira leia este  e este aqui , por exemplo.

Se você pretende pesquisar mais profundamente sobre o uso medicinal do extrato da folha de oliveira, recomendo as palavras-chaves “olea europaea leaf extract” no Google Acadêmico - vai te abrir um enorme leque de pesquisas científicas interessantes.

Mas, como já disse lá em cima, os benefícios medicinais da folha de oliveira são conhecidos dos povos mediterrânicos há muitos séculos.

Como fazer o chá da folha de oliveira?

folha de oliveira

Uma receita básica é você usar 1 a 2 folhas de oliveira para cada xícara de água fervente. Algumas pessoas são mais sensíveis portanto deverão reduzir a dose, e vice-versa. Controle sua pressão arterial pois, em alguns casos, o chá da folha de oliveira pode induzir a uma hipotensão repentina. Não ferva as folhas, use-as em infusão.

Beba 1 a 4 xícaras ao dia, durante 7 dias, controlando sua pressão arterial e, quando tiver certeza de qual é sua dose boa, pode tomar esse chá por tempo prolongado, em função do tratamento que busca obter.

Especialmente indicado para você:

setaCHÁ DE OLIVEIRA: PORQUÊ USAR E COMO FAZER

setaAZEITONA - PROPRIEDADES MEDICINAIS, CONTRAINDICAÇÕES E RECEITA