Como limpar os ouvidos sem usar cotonetes

limpar ouvidos sem cotonetes

O uso dos cotonetes, para além de gerarem resíduos ou mais lixo para o nosso planeta, nem é tão recomendável pelos médicos. Buscamos algumas alternativas que facultem a limpeza dos ouvidos, de forma saudável e segura.

Você sabe porquê os médicos desaconselham o uso de cotonetes? Pois, porque é muito mais fácil de se empurrar a cera mais para o fundo do canal auditivo do que retirá-la. E quando você empurra a cera, pressiona o tímpano criando um foco inflamatório.

A cera dos ouvidos é uma gordura naturalmente produzida pelo nosso organismo para manter saudável o canal auditivo, impedindo que qualquer bichinho, poeira ou cabelo o machuque. A cera só incomoda se estiver ressecada ou acumulada, apertada. Leia aqui sobre isso.

Veja este vídeo:

Alguns povos e culturas usam outras técnicas diferentes do cotonete, para retirar o excesso de cera das orelhas - com cones de cera, azeite ou óleos aquecidos, varetas de metal, varetas de madeira, e muitas outras maneiras.

A ayurveda usa a limpeza com azeite aquecido, morno, ou óleo de gergelim - o propósito do óleo aquecido (teste a temperatura antes de colocar no canal auditivo) é soltar a cera enrijecida e, ao fazer o movimento pendular para o lado oposto ao ouvido tratado, junto com o óleo escorrerá toda e qualquer coisa que estiver por lá.

Na yoga a maneira de se limpar os ouvidos é com os dedos - primeiro você deve usar seu dedo mínimo, em movimento rotatório, para “pescar” o excesso de cera acumulado no fundo do canal auditivo e, sem seguida, fazer o mesmo movimento com o indicador, limpando o resto do pavilhão auricular. Particularmente, penso que com essa técnica, apesar da economia ambiental no “não uso” de cotonetes, correremos o mesmo risco de compactação da cera mais seca no canal, criando outros problemas como pressão, incômodo, inflamação e até otites, para além da redução da capacidade auditiva por impedimento físico (o tampão de cera).

Uma maneira antiga de se retirar a cera endurecida dos ouvidos é escorrer, suavemente, canal auditivo adentro, água morna. Para isso você deve deitar a cabeça para o lado contrário do ouvido a ser limpo e despejar a água (teste antes a temperatura). Deixar a água morna amolecer a cera e deitar a cabeça para o lado contrário, para que a cera escorra, com a água, por gravidade. Nos consultórios de otorrinolaringologia, este procedimento é feito com uma seringa, ou pêra de borracha, e a água morna pode conter algum produto diluidor de cera como sabão, água oxigenada ou outro. Nunca faça esse procedimento empregando água sob pressão pois poderá machucar o tímpano.

Outra forma é o cone chinês ou indú, uma técnica que usa o calor para criar pressão negativa que ajudará a limpeza tanto de ouvidos quanto de vias respiratórias.

Procure sempre um médico

As formas acima mencionadas devem ser usadas com cautela e somente no caso de você ter certeza de que não está com alguma infecção nos ouvidos, coisa que somente um médico poderá dizer. Ao sentir incômodo, ouvido entupido ou qualquer outro sintoma do tipo, não use cotonetes. Procure um especialista que, dependendo do caso, fará a limpeza no próprio consultório ou indicará, se de acordo, um dos remédios caseiros descritos acima. 

Especialmente indicado para você:

setaOS OUVIDOS ENVELHECEM: APRENDA COMO CUIDAR DELES

setaCOMO ALIVIAR A DOR DE OUVIDO COM REMÉDIOS NATURAIS

setaVOCÊ É SUPER SENSÍVEL AO BARULHO? VOCÊ PODE SER UM GÊNIO!