Milhares de bactérias e fungos que podem causar danos à saúde nas latinhas de bebidas

Muvuca, calor, suor e latinha de cerveja: esse é o clássico combo carnavalesco. Mas cuidado com um desses elementos: as bebidas enlatadas.

A pesquisadora em ciências de alimentos Rosana Siqueira fez uma pesquisa com 31 latinhas de cerveja, refrigerante e suco compradas em supermercados, padarias, postos de combustíveis e bares na cidade de Campinas. Praticamente em todas foram encontrados micro-organismos, como informa o G1.

A análise, feita em laboratório, identificou em 29 latinhas a presença de milhares de bactérias e fungos que podem causar danos à saúde. Em uma delas, foram encontradas 45 mil bactérias e 9,7 mil fungos, com destaque para os coliformes fecais.

O que esses micro-organismos podem causar?

Esses micro-organismos estavam nas tampas das latas, justamente o local onde a nossa boca entra em contato com o produto. Segundo a pesquisadora, eles podem causar:

“Diarreia, pode ter vômitos, febre, dores abdominais. Problemas como conjuntivite, otite ou até mesmo infecção urinária”.

O que fazer?

Em casa é fácil lavar as latas mas, como fugir desse risco no carnaval, ou em situações similares, onde as pessoas compram bebidas de vendedores ambulantes?

Siqueira sugere levar um papel para limpar a tampa das latas, embora não seja suficiente para eliminar os micro-organismos. Ela explica, ainda, que não adianta colocar a bebida em um copo se você não limpou a latinha.

Siqueira alerta que se deve evitar compartilhar a latinha entre amigos:

“As bactérias da sua boca já vão ficar ali naquela latinha. Se você pega de uma pessoa, aquelas bactérias também vão entrar em contato com a sua boca”.

Difícil fugir desse nojinho no carnaval. Mas fica a dica para você levar um álcool em gel, ou um guardanapo ou qualquer outra coisa que ajude a limpar essa sujeirada toda!

Talvez te interesse ler também:

Um beijo e trocamos 80 milhões de germes em apenas 10 segundos

Carnaval: menos luxo e ostentação. Zero sofrimento animal no maior espetáculo da Terra

Faça você mesmo: confete ecológico a custo zero. Divirta-se sem prejudicar o meio ambiente

Fonte foto

Sobre Gisella Meneguelli

Gisella Meneguelli
É doutora em Estudos de Linguagem, já foi professora de português e espanhol, adora ler e escrever, interessa-se pela temática ambiental e, por isso, escreve para o GreenMe desde 2015.

Veja Também

Covid: recorde absoluto de mortes na Itália. Quase mil casos

O segundo país a ser atingido pelo coronavírus, depois da China, foi a Itália. E …