Gravidez: saiba como evitar situações de risco

gravidez

A gravidez é um momento especial para a mulher, na qual ela passa por transformações emocionais e físicas. Por isso, a mulher deve estar atenta a situações que podem colocar a sua gestação em risco.

É comum nesse período a mulher sentir inseguranças, medos, angústias por ser um momento completamente novo em sua vida, mesmo com uma gravidez planejada. Por isso, todo o apoio da família, do companheiro(a) e dos amigos é fundamental para dar mais segurança à mulher.

Mesmo tomando todos os cuidados necessários, esteja atenta a alguns fatores de risco durante a gravidez. São eles:

1. Tabagismo

Fumar pode causar parto prematuro e baixo peso no bebê.

2. Álcool

O álcool pode provocar deficiência mental no bebê.

3. Drogas

As substâncias químicas contidas em diversos tipos de drogas podem provocar problemas variados: aborto espontâneo, deslocamento antecipado da placenta, má-formação óssea, problemas respiratórios, cardiovasculares e neurológicos. 

4. Sangramento

Qualquer sinal de sangramento deve ser comunicado imediatamente ao obstetra, pois pode indicar um aborto.

5. Secreção vaginal 

Secreção vaginal transparente ou leitosa pode ser um sinal de perda de líquido amniótico (que envolve o bebê no útero), indicando alguma complicação na gestação. O obstetra deve ser procurado imediatamente.

Situações em que a gestante deve ficar atenta

Alguns outros sinais devem ser observados pela gestante. Cólicas são normais, mas se vierem acompanhadas de sangramento procure o obstetra. Se ocorrerem no início da gravidez, pode ser indício de um aborto. 

Febres também não devem ser ignoradas, porque são sinal de infecção. Não tome nenhuma medicação sem antes consultar o obstetra. 

Se a gestante já tiver tido complicações em gestações anteriores, for portadora de doenças como pressão alta e diabetes, ter sofrido abortos espontâneos, ter tido bebês prematuros, for portadora de HIV ou hepatite, tais condições devem ser comunicadas ao obstetra para serem recebidas as orientações adequadas para que tudo ocorra bem durante a gestação e no parto.

Especialmente indicado para você:

1ª SEMANA DE GRAVIDEZ: OS SINTOMAS E O QUE FAZER 

SAIBA TUDO SOBRE GRAVIDEZ EM IDADE AVANÇADA

Fonte: saude.rs.gov