Herpes Genital tem cura? Sim! Todos os tratamentos

herpes-genital

A herpes genital é uma infecção causada pelo HSV (herpes simplex virus ou vírus do herpes simples), é transmitida através da relação sexual desprotegida e também do contato oral com os órgãos sexuais. Uma pergunta muito recorrente é se a herpes genital tem cura, e como veremos aqui a resposta é relativamente afirmativa que sim, a herpes genital pode ser controlada e apresentaremos todos os tratamentos.

Sintomas da herpes genital

Em muitos dos casos é normal a herpes genital não apresentar nenhum sintoma na pessoa infectada. Ocorre, porém, que há alguns sintomas recorrentes naqueles que presenciam a manifestação desta infeção. Em geral os sintomas da herpes genital são:

círculo verde Coceira e irritação na região genital, é muito normal que venham acompanhadas de dores. É comum que estes sintomas se manifestem de 2 a 10 dias após ser infectado;

círculo verde Bolhas com tom esbranquiçado na região genital;

círculo verde Pequenas úlceras na área que podem causar dor ao urinar;

Nos homens a herpes genital acometerá principalmente o pênis e/ou outras partes do órgão sexual, podendo até mesmo afetar a bolsa escrotal e ânus. Nas mulheres é muito comum que a herpes apresente bolhas na região próxima a púbis, clitóris e outras partes da vulva.

Além disso, é comum que a pessoa recém infectada também apresente febre, mal-estar, falta de apetite e dores na região das costas próximas às nádegas.

Como a herpes genital é transmitida

A herpes genital pode ser causada tanto pelo HSV1 quanto pelo HSV2, respectivamente vírus do herpes simples Tipo 1 e Tipo 2. Portanto, seu contágio se dará pelo contato com a pele da pessoa infectada, podendo ser a genital ou a boca (HSV1). Isso significa que sua transmissão se dá essencialmente na prática da relação sexual sem uso de preservativos e mesmo em relações sexuais orais.

Uma pessoa que tenha sido infectada com herpes e não tenha mais os sinais de lesões presentes pode também contaminar outras pessoas. Ou seja, a latência do vírus não significa que o seu portador não será um transmissor do vírus. Então o contato físico ou relação sexual sem proteção com uma pessoa aparentemente saudável não é garantia de que não haverá a contração do vírus, e isso serve para todas as DSTs, inclusive a AIDS.

Herpes genital tem cura? Conheça todos os tratamentos para a herpes genital

Em termos práticos a herpes genital não tem uma cura definitiva, estando seu vírus em estado latente no organismo quando não apresenta sintomas. No entanto, o devido acompanhamento médico no tratamento da herpes genital traz inúmeros benefícios na eliminação dos sintomas, fazendo com que o vírus volte a se manifestar com menos frequência.

herpes genital 2

Normalmente o tratamento é feito com remédios antivirais que trabalham para impedir que o vírus HSV volte a se manifestar. Para quem costuma ter herpes de forma recorrente, é aconselhado que o medicamento seja tomado tão logo os primeiros sinais comecem a surgir (coceira, irritação, sensação de queimação e etc.).

Assim como outros tipos de herpes, tendo a herpes zoster como exemplo, uma vez contaminado com o vírus a herpes genital pode surgir em algumas circunstâncias específicas, como o cansaço, estresse, fadiga, baixa imunidade do corpo e até em períodos de menstruação nas mulheres. Por isso, uma vida saudável com uma dieta adequada pode ser o suficiente para evitar uma frequente recorrência do aparecimento de herpes genital pelo corpo.

Há alguns medicamentos comuns recomendados para o tratamento de herpes, como o Aciclovir, Penvir e Ezopen. Vale notar que estes medicamentos não devem ser tomados sem a devida receita médica. Portanto, aos primeiros sinais de que possa ter sido infectado pelo vírus do herpes o médico deverá ser consultado para que o tratamento adequando possa ser indicado.

Leia também:

setaHERPES LABIAL: O QUE É, QUAIS SÃO OS SINTOMAS E COMO SE PROTEGER

setaHERPES ZOSTER – TEM CURA? SIM. TODOS OS TRATAMENTOS

setaALZHEIMER, HERPES E CLAMÍDIA, QUE RELAÇÃO ESTAS DOENÇAS PODEM TER ENTRE SI?