Antissépticos bucais fazem bem ou mal?

Antissépticos bucais

Será que é realmente necessário usar enxaguatório bucal? De acordo com uma nova pesquisa não, e na verdade, enxáguar a boca com enxágues bucais várias vezes ao dia aumenta o risco de câncer de boca e garganta.

O estudo, realizado pela University of Glasgow Dental School e publicado na Oral Oncology, analisou uma série de pesquisas já realizadas sobre higiene oral com aproximadamente de 2.000 pessoas com câncer de boca em 9 países diferentes.

Foram observados uma maior incidência entre aqueles que tiveram uma má higiene bucal e, talvez, em vez de escovar os dentes várias vezes durante o dia, utilizavam o enxágue (muitas vezes à base de álcool) como uma alternativa rápida para a escova de dentes e o creme dental.

Pode ser também que o excesso fosse cometido por aqueles que fazem muitos bochechos tentando mascarar o cheiro do fumo e do álcool e, de fato, seriam estes hábitos errados que levariam ao risco do desenvolvimento da doença. O fato é que David Conway principal autor da pesquisa, disse: "Eu não recomendo o uso rotineiro de antisséptico bucal. Há ocasiões ou doenças para as quais um dentista pode prescrevê-los, por exemplo, no caso de uma salivação baixa devido à assunção de algumas drogas. Mas, para mim, tudo o que é preciso é escovar os dentes frequentemente com um creme dental com flúor e ir regularmente ao dentista."

Melhor então deixar os antissépticos bucais nas prateleiras por ora, a menos que o seu dentista te aconselhe de usá-los.

Leia também:

setaCÁRIE: BALAS SEM AÇÚCAR QUE PROTEGEM OS DENTES DAS CÁRIES

setaDOR DE DENTE: 10 REMÉDIOS NATURAIS

setaCLAREADORES DENTAIS NÃO FUNCIONAM