S.T.Eye: a camisinha que muda de cor e revela infecções e doença

preservativo revela doenca

Infecções e doenças sexualmente transmissíveis: olha os preservativos capazes de detectá-las e mudarem de cor para nos avisar. S.T.Eye, o preservativo inteligente, nasceu da ideia de um grupo de estudantes que participaram do prêmio britânico TeenTech Award, criado com o objetivo de reduzir a transmissão de doenças sexualmente transmissíveis.

Para desenvolver o projeto, os alunos tiveram a idéia de desfrutar as moléculas associadas às bactérias e aos vírus da infecções e doenças sexualmente transmissíveis, mais comuns.

Quando essas moléculas se ligam a vírus ou bactérias, tornam-se fluorescentes e alertam o usuário sobre a infecção. E a reação é visível até mesmo no escuro. O preservativo inteligente se transforma em diversas cores, dependendo da doença ou da infecção detectada. Por exemplo, torna-se amarelo no caso de herpes, roxo para o HPV, azul para sífilis e e verde para clamídia.

Este preservativo ainda não está em produção, mas os estudantes que o idealizaram não veem a hora do projeto virar realidade.

Enquanto isso não acontece porém, a idealização do preservativo inteligente rendeu aos jovens pesquisadores, o prêmio saúde em ocasião da iniciativa TeenTech 2015, dedicado a ideias inovadoras apresentadas por estudantes na Grã-Bretanha. Os quatro rapazes frequentam a Isaac Newton Academy em Ilford, Essex.

Se alguma empresa achar interessante a novidade, mais cedo ou mais tarde encontraremos à venda preservativos inteligentes que possam ajudar, além da contenção na transmissão das DST's, também na conscientização destas doenças, afinal, ninguém gostaria de ser reprovado num teste justamente na hora H, não é mesmo?

Leia também: 

Sífilis cresce exponencialmente em São Paulo

Exames de sífilis e HIV com smartphones dão resultados em 15 minutos

Fonte foto: teentech.com