Idade não é documento: Oksana Chusovitina - ginasta olímpica, 41 anos, guerreira, mulher

oksana-chusovitina

Oksana é a mais velha atleta a competir na Rio 2016. Ela tem 41 anos e treina desde os 8. Esta é a sua 7º olimpíada. Oksana compete agora, por si mesma e por amor ao filho, Alisher, que em 2004 foi diagnosticado com uma leucemia.

A perseverança, a garra e a coragem de competir com mulheres com a metade da sua idade é o que destaca esta ginasta, nascida no Uzbequistão.

A especialidade de Oksana, na ginástica, é o salto, solo ou em equipe. E saltando, ela já competiu nos Jogos Olímpicos de Sydney, Barcelona, Atenas, Pequim, Atlanta e no Mundial de Londres, época em que anunciou sua aposentadoria. Após a aposentadoria oficial, Oksana tornou-se técnica do Uzbequistão, porém voltou a competir, como diz ela em entrevista ao BBC, para poder pagar o tratamento de saúde de Alisher.

Até o momento, Oksana conseguiu duas medalhas olímpicas, uma de ouro, em Barcelona, e uma de prata, em Pequim.

“Faço isto por mim e principalmente pelo meu filho. Ele é minha maior inspiração. E a ginástica é minha vida. É o que eu sei fazer da vida”

Existem seres humanos, dentre eles os ginastas que, dão exemplo de persistência. Nunca desistir parece ser o seu lema. Oksana é uma dessas. Torcemos para que sua participação na Rio 2016 seja a coroação de todo o seu esforço mas, independentemente das medalhas que esta ginasta possa receber, ela já é uma campeã, por sua história e determinação

Especialmente escolhidos para você:

MULHERES NAS OLIMPÍADAS RIO 2016

YUSRA MARDINI - OLIMPÍADAS RIO 2016

ENTRANDO NO CLIMA DAS OLIMPÍADAS COM BRINCADEIRAS ESPORTIVAS PARA AS CRIANÇAS

Fontes e foto: BBC e Rio2016