Atenção pais: slime pode conter bilhões de bactérias

Atenção pais: slime pode conter bilhões de bactérias

Praticamente toda criança conhece. Há inúmeros tutoriais ensinando como fazer esse brinquedo em casa. O Slime, uma espécie de massinha, só que mais viscoso; versátil e colorido caiu na graça das crianças. Hoje o brinquedo é um sucesso absoluto. Apesar de ser divertido, estimular a tonicidade muscular e as funções sensoriais, o brinquedo pode conter bilhões de bactérias.

Alunos do Colégio Marista de Londrina, coordenados pela professora Bárbara Gionco Cano, analisaram algumas amostras de slime e descobriram que o material pode ser um verdadeiro depósito de bactérias, equiparando-se à sujeira encontrada nos telefones celulares, que podem ter bactérias fecais em 1 a cada 6 aparelhos, e também às cédulas de dinheiro.

Porém, isso não é motivo para tirar o slime da mão da criança.

Objetos não passam doenças para pessoas, a menos que uma criança contaminada espirre, tussa no item e passe imediatamente para o coleguinha. Só é possível pegar bactérias de objetos, caso exista material orgânico nele, como saliva, muco ou fezes.

O mais importante é orientar a criança a sempre lavar as mãos. Essa é a medida mais eficaz.

Talvez te interesse ler também:

COMO FAZER AMOEBA? 3 RECEITAS PARA FAZER EM CASA!

COMO FAZER AS CRIANÇAS ENTENDEREM A IMPORTÂNCIA DE LAVAR AS MÃOS COM ESTE EXPERIMENTO

FAÇA VOCÊ MESMO: GEL DESINFETANTE PARA AS MÃOS

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *