Chás que podemos dar às crianças. Veja aqui a LISTA!

chá para pequenos

Cada cultura tem seus chás de ervas preferidos mas, é certo que os usos são equivalentes. Para os mais pequeninos é importante escolher um chá de efeito suave, sem cafeína ou similares. Vamos aqui falar de alguns chás de ervas que se podem dar às crianças, sem qualquer receio.

O que é um chá, afinal?

Antes de tudo, vamos esclarecer uma definição: quando se fala em fazer um chá é preciso saber se vamos preparar uma infusão ou uma decocção. A diferença, no efeito final, é grande.

Infusão

Para fazer uma infusão você vai usar só folhas e flores da planta escolhida e vertê-las na água fervente do bule ou da xícara. Deve-se abafar a infusão, com um pires ou tampa, para que os óleos essenciais não se evaporem, por 5 a 10 minutos, conforme a recomendação (que difere pelo tipo de planta usada). Coar e beber, quente ou frio.

Decocção

Adecocção implica na fervura do material vegetal, por um tempo que varia entre 5 a 20 minutos. Para preparar uma decocção serão usados ramos, raízes, sementes ou folhas e o objetivo é que sejam extraídos outros produtos curativos além daqueles que saem numa rápida infusão. As decocções costumam ter um efeito curativo acentuado e não são adequadas para crianças.

Aqui estão as ervas adequadas para crianças

 
camomila

 

Rosa canina

Regula o peristaltismo em casos de diarréia, é rica em vitamina C e ajuda a manter o metabolismo ativo. Em excesso pode causar prisão de ventre por seu efeito adstringente.

Camomila, tília, valeriana, verbena e melissa

São ervas calmantes, relaxantes, que ajudam o adormecer. Em excesso podem provocar sonolência acentuada e letargia. A camomila também é digestiva e reduz o inchaço abdominal.

Funcho, anis e erva-doce

São chás digestivos, calmantes, adequados para quando o bebê sofre de cólicas infantis ou quando está nervoso e agitado.

Malva

A malva é ideal para casos de dor de garganta ou faringite e inchaço abdominal.

Folha de goiabeira

Para casos de cólicas acompanhadas de espasmos e diarréias em que se desconfia de verminose. Em excesso pode provocar prisão de ventre.

Poejo e hortelã

Para as crianças menores que sofrem de inapetência e mal estar gástrico. Essas ervas também são adequadas quando a criança está resfriada pois ajudam a fluidificar o catarro. No entanto, em caso de catarro, retire todos os lácteos (exceto o leite materno) e os produtos com trigo pois estes são produtores de muco.

seta5 RECEITAS FÁCEIS E DELICIOSAS DE CHÁ DE HORTELÃ

A dosagem é importante

As infusões ou chás, como normalmente a gente conhece aqui, devem ser feitas, preferencialmente, com folhas e flores frescas da planta escolhida pois, nestas os princípios ativos estão mais saudáveis e abundantes. Porém, quem não tem o benefício de ter a planta no jardim, a opção é usar ervas desidratadas (confira a procedência e, sempre, se não estão mofadas).

Para um litro de água fervente use duas colheres de sopa de folhas e flores frescas (essa medida corresponde a um punhado) ou 1 colher de sopa de erva desidratada.

Se for preparar uma xícara de chá, use um quinto da quantidade (uma xícara tem 200 ml, normalmente).

O chá pode ser guardado na geladeira e usado durante as 24h após a preparação desde que tenha sido coado e permaneça tampado.

Acostume sua criança a beber chá mas, somente, após os 6 meses de idade pois, até então, o bebê deverá somente mamar no peito da mãe.

Especialmente indicado para você:

setaCHÁ DE CAMOMILA, UM CONCENTRADO DE BONDADE!

setaFOLHA DE LIMÃO - O BEM QUE FAZ! A RECEITA DO CHÁ

setaALECRIM: O CHÁ QUE ALEGRA A ALMA E CURA O CORPO