‘Mamãe, quero morrer’: o terrível choro do menino vítima de bullying

Uma criança querendo se matar é algo profundamente triste que dá até arrepio só de pensar!

Aconteceu na Austrália, na quarta-feira, 19. Uma criança que sofre de nanismo, e por isso é vítima de bullying, pede à mãe para morrer.

A mãe do garoto impactada com a reação dele registrou o fato para conscientizar as pessoas sobre as consequências do bullying e postou em seu perfil no Facebook.

O vídeo teve imensa repercussão no mundo inteiro, comoveu milhares de pessoas, causando indignação geral.

No vídeo, que ainda não foi traduzido para o português, o menino Quaden Bayles, de 9 anos, pede a mãe uma corda para se enforcar após ter sofrido bullying.

Desabafo do garoto (Vídeo)

Enquanto o garoto desabafava e chorava, a mãe dele Yarraka Bayles o filmava, conversava com ele e ouvia o desabafo comovente e desesperado de Quaden Bayles, que dizia:

“Só quero me esfaquear no coração. Quero que alguém me mate!”

Veja o vídeo por si próprio e observe a reação comovente do garoto:

https://www.facebook.com/yarraka/videos/10163099957440693/

Triste demais!

Dá vontade de consolar e confortar o garoto, abraçando-o bem forte para ele saber que não está sozinho nessa!

Educação mais humana para por fim ao bullying

E realmente o menino não está sozinho pois, o bullying, infelizmente, é um problema real e que afeta milhares de pessoas, de qualquer faixa etária, pois a sociedade padronizou o que é normal e não ensinou os seres humanos desde pequenos a aceitarem as diferenças, o que foge ao padrão.

Por isso, pais, cuidadores e professores ensinem as crianças a:

  • tratar as pessoas, os coleguinhas, todo mundo, de forma amável
  • ensine o amor ao próximo
  • a ter empatia
  • que existem “brincadeiras” que não são legais e machucam
  • a respeitar o próximo
  • a aceitar as diferenças físicas, intelectuais, jeitos e gêneros, a compreender que tudo isso faz parte da diversidade.

Repercussão do vídeo

Esse vídeo até momento que foi redigido esse conteúdo, teve 370 mil reações, 327.164 compartilhamentos, milhares de comentários e cerca de 6 milhões de visualizações.

Vários famosos enviaram mensagens de solidariedade para o garoto e, graças à essa repercussão, o time de rugby Indigenous All Stars convidou o menino para entrar em campo com a equipe na partida neste sábado (22/02/20).

Que este fato nos lembre da importância da conscientização sobre o respeito à individualidade e solidariedade para com as limitações do próximo.

Talvez te interesse ler também:

O método dinamarquês que combate o bullying ensinando empatia e felicidade às crianças

Keaton: o garoto vítima de bullying que nos dá uma emocionante lição de vida

Bebê chinês dá lição de cidadania, pegando garrafa jogada no chão e devolvendo para quem a jogou

Sobre Deise Aur

Avatar
Professora, alfabetizadora, formada em História pela Universidade Santa Cecília, tem o blog A Vida nos fala e escreve para GreenMe desde 2017.

Veja Também

Morte de crianças por engasgo é muito comum. Veja como prevenir e salvar

Acidentes domésticos estão no topo da lista de ocorrências entre crianças, e, muitas delas, com …