As meninas que se abraçam: quando a amizade supera a doença

abraco crianca

Maliyah e Madeline se abraçam em frente a uma paisagem infinita e comovem a web. Elas estão em Pittsburgh, Pensilvânia, e foram unidas pela força de um destino difícil: o câncer.

A foto das duas pequenas fizeram o giro do mundo na web e virou viral porque Maliyah Jones e Madeline DeLuca, a primeira com 5 e segunda com 3 anos de idade, compartilham da luta contra o câncer. As meninas dividiram o mesmo quarto no hospital em Pittsburgh por um longo tempo e desde então se tornaram amigas. Maliyah sofre de neuroblastoma, um tumor cerebral muito agressivo e Madeleine tem leucemia mielóide aguda.

Conforto, brincadeira e suporte. Isto é o que trocam as duas meninas nesta imagem feita por Tazz Jones, a mãe de Maliyah, que afirma categoricamente:

"Há sempre alguém, há sempre um amigo - diz Tazz. As crianças se ajudam da melhor maneira, porque é a mais natural, elas não sabem exatamente o que está acontecendo com elas”.

Tazz Jones compartilhou a foto e as suas esperanças no Facebook: "Eu quero que esta foto seja vista em todo o mundo porque ela diz tantas coisas. Nela existe a amizade, a doença, o conforto e o apoio mútuo. Gostaria que as pessoas provassem o que eu senti quando tirei essa foto".

Maliyah agora se mudou para Nova Yorque para se tratar, enquanto Madeline voltou para casa após a quimioterapia.

Quem sabe as duas meninas se verão novamente?! Talvez adultas, pelas ruas de Pittsburgh e não mais em um quarto de hospital!?

Oxalá!

Leia também: As propagandas mais comoventes dos últimos tempos