Brincadeiras de rua: vídeo vira hit e faz pensar

Brincadeiras de rua, video

Começou como um gesto inocente de resgatar os doces tempos da infância, nos quais a moda era brincar na rua – e não no condomínio, ou no computador. Mas parece que tocaram no ponto certo, pois, tendo sido publicado no dia 02 de fevereiro de 2015, o vídeo acabou obtendo mais de 2 milhões de visualizações em apenas 48 horas da sua publicação no Youtube.

No vídeo de clima bem alegre, são mostrados jovens, entre adultos e adolescentes, que se divertem bastante enquanto brincam de pique-pega, queimada, entre outros jogos ao ar livre. Como pano de fundo, uma criança observa a brincadeira com um tablet na mão que, apesar de começar compenetrada do gadget, aos poucos vai sendo vencida pela diversão coletiva e deixa o aparelho de lado, para também ir brincar.

O vídeo foi gravado na bucólica cidade de Casimiro de Abreu, no interior do estado do Rio de Janeiro.

A proposta para fazer o vídeo surgiu justamente quando um grupo de pessoas, liderado por Pedro Gadelha, Maiara Machado e Wanderson Chan – 26, 26 e 30 anos, respectivamente – decidiram fazer algo para chamar a atenção das pessoas para as novíssimas gerações, que vêm perdendo a dimensão da importância das brincadeiras populares ao ar livre, optando por ficar em casa, ou em algum lugar, o tempo todo no computador, no celular, ou em quaisquer outros dispositivos eletrônicos – o que, entre outras coisas, pode contribuir para a obesidade infantil.

O enorme sucesso do vídeo expõe que muitas outras pessoas concordam com a visão do trio. Quando tiveram a noção da repercussão – o que aconteceu quando receberam uma mensagem de alguém em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos – decidiram dar mais um passo à frente e pedir que mais pessoas brincassem pelas ruas e mandassem vídeos com registros dos eventos, de modo a criar uma espécie de rede de pessoas que gostam de brincadeiras na rua.

O que acha da ideia?

Leia também: Brincadeira de criança, como é bom!