Eleições 2014 para a sustentabilidade no Brasil. O futuro está aí

Eleições 2014

No último dia 05 teve fim o primeiro turno das eleições de 2014. Agora, os candidatos vitoriosos na primeira etapa, Aécio Neves e Dilma Rousseff, recomeçam suas campanhas, rumo ao duelo final, que se dará no dia 26 de outubro, quando será eleito o presidente para o quadriênio 2015-2018.

ONGs pressionam presidenciáveis

Como já vimos, PT e PSDB não apresentam ligação histórica com as causas ambientais; por isso, ambientalistas têm se mobilizado para cobrar dos candidatos, posturas mais claras, relativas ao tema. O Greenpeace com sua campanha Pressione Verde e agora a ONG WWF – Brasil, que também enxerga ser esse o melhor momento para a pauta ambiental no debate eleitoral.

WWF apresenta suas demandas pró-sustentabilidade

A Organização divulgou um documento com diversos balizadores fundamentais para a política ambiental do Brasil nos próximos anos. WWF afirma que tem histórico para fazê-lo, uma vez que já são mais de 18 anos de trabalho ininterrupto relativo a projetos de uso sustentável e conservação de recursos naturais no Brasil.

Dois compromissos fundamentais

WWF exige que os presidenciáveis se comprometam, pelo menos, com duas questões:

* Água de qualidade – propiciando segurança alimentar, bem como formas alternativas de energia;

* Uso consciente, além de medidas de proteção e recuperação de florestas e da biodiversidade, a fim de manter a riqueza e potencial de exploração econômica para o futuro.

A campanha não é exatamente partidária, mas de propostas e adesão à uma agenda preocupada com o meio ambiente.

Conheça as propostas do WWF para as eleições 2014, clicando aqui.

Leia também: Segundo turno vem aí: continue Pressionando Verde

Fonte foto: wwf.org.br