Davi Kopenawa
Davi Kopenawa

Greta Thunberg e o líder indígena brasileiro Davi Kopenawa estão entre os 4 vencedores do Prêmio Nobel Alternativo

Greta Thunberg e Davi Kopenawa estão entre os quatro vencedores do Right Livelihood Award de 2019, um prêmio criado em 1980 para valorizar pessoas corajosas e comprometidas com a solução de problemas globais. Esta premiação é conhecida como “Prêmio Nobel Alternativo“.

A jovem ativista sueca foi premiada “por inspirar e expandir as demandas políticas por uma ação climática urgente refletindo fatos científicos”.

Greta Thunberg representa a voz poderosa de uma geração jovem que terá de suportar as consequências da incapacidade da atual classe política em combater a crise climática.

Sabendo que o aquecimento global terá consequências devastadoras para sua vida e a de seus coetâneos, Greta iniciou uma greve climática no ano passado.

Inicialmente, Greta se manifestou sozinha em frente ao Parlamento sueco, mas sua iniciativa foi amplamente adotada pela mídia, envolvendo outros jovens também fora da Suécia. Assim nasceu o movimento #FridaysForFuture, que está levando milhões de pessoas às ruas, no mundo inteiro.

Sua determinação em tentar evitar o iminente desastre climático inspirou milhões de jovens e adultos a levantar a voz e exigir ação imediata sobre o clima.

Muitas pessoas antes de Greta Thunberg tentaram comunicar a necessidade de urgência de uma ação pelo clima, mas somente ela foi capaz de realmente chegar ao coração e à mente das pessoas e de ter tanto sucesso em tão pouco tempo:

“Com o prêmio a Greta Thunberg, homenageamos um dos líderes da sociedade civil mais eficazes do nosso tempo e celebramos o poder de todo ser humano de fazer a diferença”, explicou Ole von Uexkull, diretor da Fundação Right Livelihood.

“Estou profundamente grata por ser um dos ganhadores deste prêmio, para mim é uma grande honra. Mas é claro, toda vez que recebo um prêmio, não sou eu quem ganha. Faço parte de um movimento global de estudantes, jovens e adultos de todas as idades que decidiram agir em defesa de um planeta habitável. Eu compartilho esse prêmio com eles. O prêmio Right Livelihood Award é um grande reconhecimento pela #fridaysforfuture e pelo movimento #strikeforclimate. Muito obrigada!”Comentou Greta.

Davi Kopenawa

O líder indígena Davi Kopenawa, do povo Yanomami, e a Associação Hutukara Yanomami (Brasil), em conjunto, recebem o prêmio “por sua determinação corajosa em proteger as florestas e a biodiversidade da Amazônia, as terras e a cultura de seus povos indígenas”.

Kopenawa dedicou sua vida à proteção dos direitos e da cultura do povo Yanomami. Kopenawa é co-fundador e presidente da Associação Hutukara Yanomami, que trabalha pela conservação da floresta amazônica, promovendo os direitos do povo indígena do Brasil.

Davi Kopenawa comentou:

“Estou muito feliz em receber o prêmio. Vem na hora certa e é uma demonstração de confiança em mim e na Hutukara e em todos aqueles que defendem a floresta e o planeta Terra. O prêmio me dá forças para continuar a luta para defender a alma da floresta amazônica. Nós, os povos do planeta, precisamos preservar nossa herança cultural, como Omame [o Criador] ensinou – a viver bem cuidando de nossa terra, para que as gerações futuras continuem a usá-la.”

Os outros vencedores: Aminatou Haidar e Guo Jianmei

O anúncio ocorreu ontem em Estocolmo. Foram consideradas 142 indicações vindas de 59 países, após um processo aberto de indicação.

Além de Greta e Davi, o defensor dos direitos humanos Aminatou Haidar (Saara Ocidental) foi homenageado “por sua ação não-violenta, apesar da prisão e tortura, em busca de justiça e autodeterminação para o povo do Saara Ocidental” e o advogado Guo Jianmei (China) “por seu trabalho pioneiro e persistente na garantia dos direitos das mulheres na China”.

O prêmio

Cada um deles receberá um milhão de coroas suecas, dinheiro que servirá para sustentar seus compromissos. Além da soma de dinheiro, o prêmio também oferece suporte a longo prazo para os vencedores, o que inclui proteção em caso de perigo, para que eles possam continuar seus trabalhos.

Parabéns!!!! Um mundo melhor é possível

Talvez te interesse ler também:

COMO VOCÊS SE ATREVEM? GRETA REPUDIA DISCURSO COMERCIAL DOS LÍDERES NA CÚPULA DO CLIMA

INDÍGENAS REPUDIAM DISCURSO DE BOLSONARO NA ONU: YASANI KALAPALO NÃO LHES REPRESENTA. QUEM É ELA?

CACIQUE RAONI É CANDIDATO AO PRÊMIO NOBEL DA PAZ POR SUA LUTA EM DEFESA DA AMAZÔNIA

Sobre Daia Florios

Daia Florios
Ingressou no curso de Ecologia pela UNESP e formou-se em Direito pela UNIMEP. É redatora-chefe e co-founder de GreenMe Brasil.

Veja Também

Coronavírus: como na guerra, Itália usa toque de recolher e povo se rebela

Na Itália o termo lockdown está em desuso. Talvez ele cause gastura em um povo …