Representatividade importa: LGBTQIA+ na histórica eleição norte-americana

Representatividade importa: LGBTQIA+ na histórica eleição norte-americana

Os Estados Unidos nunca passaram por eleições tão acirradas como em 2020.

O povo americano votou em massa este ano, em um país onde a eleição não é obrigatória. Uma sociedade polarizada nas urnas e nas ruas, onde supremacistas brancos apoiadores do candidato à reeleição, Donald Trump, têm feito carreatas contra os democratas.

Faltando apenas seis delegados para a contagem final, o candidato do partido Democrata Joe Biden está prestes a tornar-se o novo presidente dos EUA.

Apesar da turbulência na eleição, candidatos progressistas conseguiram se eleger no congresso. É a resposta da sociedade norte-americana de que representatividade importa.

A primeira congressista não binária

Mauree Turner acaba de ser eleita como a primeira congressista não binária dos Estados Unidos. Ela tem 27 anos e foi eleita pelo estado de Oklahoma para representar negros, LGBTQIA+, dissidentes e progressistas na defesa dos interesses sociais.

Negros gays

O estado de Nova York também elegeu dois candidatos negros assumidamente gays. Foi a primeira vez na história da legislatura estadual que isso acontece. Os futuros deputados são Hon. Ritchie Torres e Mondaire Jones.

Transgênero

Também pela primeira vez na história eleitoral dos EUA é eleita uma senadora transgênero. Sarah McBride, candidata pelo estado de Delaware, tem 30 anos e recebeu massivos 86% dos votos. Ela foi estagiária na Casa Branca durante a gestão do ex-presidente Barack Obama. Sua plataforma visa

“fazer a diferença nesta comunidade e representá-la da melhor maneira possível”.

Alexandria Ocasio-Cortez foi reeleita pelo estado de Nova York, uma mulher social-democrata que vem fazendo milhões de norte-americanos a participar do bom debate político.

Que os futuros congressistas consigam atender aos interesses das minorias que representam e trazer mais igualdade para um país cuja democracia está fraturada.

Talvez te interesse ler também:

Republicanos x Democratas: quem são eles? Entenda as diferenças

A opinião pública pode mudar a decisão que absolveu André Aranha do estupro?

Fábrica de Cretinos: pela 1ª vez, filhos têm QI inferior aos pais

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *