Dia dos Pais O Boticário: racismo escondido. 17 mil dislikes

  • atualizado: 
Dia dos Pais O Boticário

Uma campanha publicitária simples, leve e bem-humorada de Dia dos Pais reacendeu uma discussão que traz em si o peso de séculos de uma desigualdade estrutural chamada racismo.

O comercial de 30 segundos mostra o dia a dia de um pai que afirma ter nascido para a paternidade, no entanto, as cenas mostram as crianças estranhando o “bom-humor” e falta de noção do pai.

A peculiaridade da campanha é que a família toda é composta de negros. Nada demais, não fosse o fato de que muitas pessoas estranharam a “falta” de diversidade racial do comercial, que recebeu cerca de 17 mil dislikes e muitos comentários negativos.

Acontece que as peças publicitárias dos anos anteriores – dessa e de outras marcas – eram compostas por famílias unicamente formadas por brancos – e não houve essa reação negativa. Só esse fato já mostra que o racismo no Brasil é algo entranhado, embora velado. Para comprovar essa teoria, basta ver alguns números.

Os números do racismo no Brasil

  • De cada 100 assassinados no Brasil, 71 são negros.
  • Os brasileiros brancos ganham o dobro do que os negros.
  • As negras sofrem mais violência doméstica e morrem mais vítimas de violência.
  • Os negros enfrentam mais desemprego, representando 63,7% das pessoas sem ocupação.
  • Há baixa representatividade nas artes em geral.

Os dados são do Atlas da Violência 2017 (IPEA e Fórum Brasileiro de Segurança Pública), Pesquisa da ONG Oxfam (2015), Mapa da Violência (2015) da Faculdade Latino Americana de Estudos Sociais e do PNAD/IBGE (2017).

Nos representa

Em resposta às críticas, a marca O Boticário afirmou que esse fato mostra que há um longo caminho a percorrer para acabar com o racismo no país. Nesse sentido, é importante sim que as pessoas entendam que famílias negras são como todas as outras famílias e precisam ser representadas, ainda mais em um lugar onde mais da metade das pessoas se autodeclara preta ou parda, de acordo com dados do IBGE.

Apesar das reações negativas, o vídeo também foi muito elogiado nas redes sociais e já recebeu mais de 113 mil likes no Youtube.

Sobre racismo, talvez te interesse ler também:

setaCAMPANHA MOSTRA AGRESSOR SE RETRATANDO COM VÍTIMA DE RACISMO

setaCAMPANHA CONTRA O RACISMO VIRTUAL

seta21 DE MARÇO - DIA INTERNACIONAL CONTRA A DISCRIMINAÇÃO RACIAL

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!