ONU estima que há mais de 80 milhões de refugiados em 2020

ONU estima que há mais de 80 milhões de refugiados em 2020

A Agência da ONU para Refugiados (Acnur) divulgou, ontem, na Suíça, um relatório que aponta haver mais de 80 milhões de refugiados no mundo em 2020.

As principais causas que levaram essas pessoas a saírem de suas casas são perseguição, conflito e violações de direitos humanos.

No relatório, é citada uma análise do Banco Mundial que aponta três fatores, em 2020, agravantes de crises econômicas no mundo, forçando ainda mais os deslocamentos: a pandemia de Covid-19, os conflitos armados e a mudança climática.

Segundo o G1, o Alto Comissariado da ONU para Refugiados, Filippo Grandi, disse que na última década os deslocamentos forçados dobraram, o que mostra a falha da comunidade internacional na garantia da paz:

“Estamos ultrapassando outro marco sombrio que continuará a crescer, a menos que os líderes mundiais façam as guerras parar.”

Talvez te interesse ler também:

Milhares de crianças sírias, órfãs e doentes em campos de refugiados na Grécia, serão bem-vindas na Alemanha

ONU estabelece que refugiados climáticos não podem ser repatriados

Refugiados: a culpa da crise migratória é (também) do aquecimento global

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *