Menos facebook = mais felicidade: um estudo revela a ligação

facebook

Tem gente que não pode ficar afastado do Facebook que se sente sozinho. Outras pessoas nunca nem se renderam à rede social. Outras saíram dela porque chegaram à conclusão de que suas vidas podem prescindir do seu uso. Pois quem já percebeu que dar um tempo do Facebook faz bem à sua vida, talvez tenha encontrado um caminho que pode levar mais facilmente à felicidade. 

Uma pesquisa da Universidade de Copenhague, na Dinamarca, afirma que o Facebook afeta negativamente o nosso bem-estar. Segundo o pesquisador Morten Tromholt: "A maioria das pessoas usa o Facebook diariamente, mas poucos estão conscientes das consequências".

O Estudo

Tromholt conduziu um experimento com 1.095 participantes, no fim de 2015, cuja metade, selecionada aleatoriamente, foi orientada a não usar o Facebook durante uma semana. A consequência foi que o esse grupo apresentou níveis maiores de satisfação com a vida e de emoções positivas em relação ao grupo que seguiu usando a rede social.

Felicidade x solidão

Ao relatarem sobre os sentimentos que vieram à tona com o experimento, 88% dos participantes que não usaram o Facebook disseram se sentir felizes. Entre os que permaneceram na rede social, 34% afirmaram que se sentiam tristes e 25% se sentiam sozinhos. Comparativamente ao grupo afastado do Facebook, os percentuais foram 22% e 16% para as mesmas questões.

Sem exageros

As redes sociais que surgiram para nos unir, podem ter conseguido, infelizmente, nos causar exatamente o contrário.

Que tal tirar umas férias do Facebook e curtir experiências mais prazerosas, como ler um livro, ir ao cinema, fazer um jantar para os amigos...

Não se deixe transformar em um zumbi, como muito bem retratou o fantástico Steve Cutts, no videoclip do Moby

Especialmente indicado para você:

ELE (A) DESAPARECEU DO FACEBOOK, TINDER, INSTAGRAM. E AGORA?

NO FACEBOOK TODO MUNDO É LINDO E FELIZ, ATÉ A PÁGINA...