Bon Jovi, o dono de três restaurantes que oferecem comida saudável de graça

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Não basta ser um pop star: ele também quer trabalhar pelo bem comum e ajudar a construir um mundo melhor para as novas gerações. Há 9 anos, o cantor americano Jon Bon Jovi está à frente de uma rede de restaurantes populares, onde pessoas que não podem pagar por comida nutritiva e de qualidade são mais que bem-vindas.

O terceiro deles abriu suas portas há poucos meses e é uma maneira de garantir alimentação saudável a estudantes universitários.

O projeto faz parte da fundação do cantor, a JBJ Soul Kitchen, criada por Bon Jovi e sua mulher, Dorothea Hurley. A inauguração do primeiro deles foi em 2011, em Red Bank, um bairro no Condado de Monmouth, no estado de Nova Jersey.

O restaurante, também chamado de JBJ Soul Kitchen, não mostra nenhum preço no menu e os visitantes pagam o que podem. Os mais abastados têm a opção de pagar pela refeição de outras pessoas. Aqueles que não têm mesmo condições de pagar são convidados a fazer trabalho voluntário. Assim, quase todo o trabalho é realizado por voluntários e a maioria dos alimentos é doada.

Inaugurado em outubro de 2019, a particularidade do mais recente restaurante é que está voltado para estudantes da Universidade Rutgers, que têm dificuldade de arcar com os custos de uma alimentação mais saudável e nutritiva.

“Todos nós pensamos que é um rito de passagem estudar muito e comer miojo. Que tal se essa for a única coisa que você pode pagar? “

Segundo Dorothea Hurley, companheira do astro e sua parceira na iniciativa, há um imaginário popular em torno do problema que nem sempre condiz com a realidade. A experiência do casal mostrou que a fome pode adquirir muitas facetas e afetar grupos diferentes daqueles que os americanos costumam ter em mente quando se fala nesse assunto. Para ela, muitas pessoas não pedem ajuda para não serem estigmatizadas.

“A fome não se parece com o que os olhos de sua mente podem imaginar”, disse Hurley à apresentadora da CBS Sunday Morning, Tracy Smith. “São as pessoas da sua igreja. São as crianças que vão à escola com seus filhos”.

O astro, acostumado a viver a emoção sem paralelos de brilhar nos palcos e encantar multidões, diz que o trabalho que vem desenvolvendo é também fonte de muita satisfação pessoal.

“Obviamente, nunca se compara a tocar ou escrever músicas, mas dá a você o mesmo sentimento de realização […] Você vê as vidas que toca […] A maneira de você se sentir bem é fazer o bem, sabe? Encontre o seu bem e faça-o”, disse a estrela do rock.

Talvez te interesse ler também:

De seu iate, Leonardo DiCaprio salvou homem que tinha caído no mar. Único a prestar socorro

Abelhas, Composteiras, Pancs e Lixo-Zero, o restaurante brasileiro que dá exemplo de sustentabilidade

À mesa com dignidade: um restaurante que oferece refeição às pessoas em situação de rua

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Jornalista e mestre em Ciência da Religião. Tem 18 anos de experiência em produção de conteúdo multimídia. Coordenou diversos projetos de Educação, Meio Ambiente e Divulgação Científica.
Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Siga no Instagram
Siga no Facebook