Pare de julgar: as aparências enganam

bebe-chao-foto

Todo mundo tem uma opinião para dar, principalmente na internet, que se converteu num espaço de críticas muitas vezes deliberadas. Uma foto que circulou na internet foi alvo de muita polêmica sem que as pessoas soubessem a história real que não foi capturada pela lente do fotógrafo.

A foto em questão, publicada no Twitter, é de uma mãe segurando um celular, sentada em uma cadeira, enquanto o seu bebê está deitado no chão sobre um pano. Aparentemente, a imagem indica uma cena de displicência materna. Um dos tuítes dizia: "Quem deixa o bebê no chão desse jeito?".

O post viralizou no mundo inteiro criticando a atitude da mãe, supondo que ela estava distraída nas redes sociais em vez de estar com o seu bebê no colo.

Acontece que o enquadramento fotográfico deixou de fora o contexto em que a cena se desenrolou. A mãe e o bebê estavam no Aeroporto Internacional Hartsfield-Jackson, em Atlanta, esperando por uma conexão da Delta Airlines há dias. A empresa aérea teve um falha no seu sistema de informática, o que causou longas esperas em seus voos

Molly Lensing, a mãe, estava viajando só com a filha de dois meses para o Colorado, onde iria visitar o seu irmão. O voo dela, que deveria sair na segunda-feira, foi cancelado e reagendado para a terça-feira, sofrendo um atraso de seis horas. Isso fez com que ela perdesse a sua conexão em Atlanta e esperasse até a meia-noite por outro voo, que também foi cancelado. Depois de todos esses problemas, Molly ficou no telefone com a Delta Airlines até as 4h30 da manhã para que a empresa desse a ela alguma solução, já que ela foi informada de que não havia mais vouchers de hospedagem em um hotel próximo. O destino da mãe e da bebê foi dormir no aeroporto

O voo de Molly foi reagendado para quinta-feira. Naturalmente, ela já estava cansada de esperar e trocou mensagens pelo celular com os seus pais para que eles fossem buscá-la. A cena capturada foi quando ela, que estava no chão dormindo com a filha, levantou e sentou-se para tentar resolver o problema. A Delta Airlines não divulgou se fez algum ressarcimento específico a Molly.

O caso dela nos faz refletir sobre o quanto as pessoas são julgadas sem que se saiba nada a respeito da vida delas e das situações que motivaram suas atitudes. A velocidade da internet tem o poder de dar vozes a julgamentos que podem destruir a imagem de uma pessoa. Pense que essa pessoa pode ser você.

Especialmente indicado para você:

DADS: A BELÍSSIMA FOTO DO PAI TODO MOLHADO QUE PROTEGE SEU FILHO DA CHUVA

QUÃO AMIGÁVEL VOCÊ (NÃO) É?

Fontes: revistacrescerajc