O que você vai ser quando morrer?

O que você vai ser quando morrer?

Pipoca na internet o projeto italiano chamado Capsula Mundi, que consiste em fazer com que a morte se transforme em uma outra forma de vida. Mas saiba que o projeto, apesar de interessante não é de todo novo, nem tampouco único no gênero. Veja porquê.

Capsula Mundi é o primeiro projeto italiano feito para promover a criação de cemitérios verdes no país da pasta.

Trata-se de um recipiente em forma de ovo, feito com um material biodegradável - plástico de amido - onde o corpo do falecido é colocado em posição fetal, para vir a ser plantado como uma semente na terra.

Por sobre o solo, para demarcar a presença da cápsula, é deixado um círculo rebaixado de terra, em cujo centro se planta uma árvore da espécie escolhida pelo falecido em vida, e que será cuidada por parentes e amigos que acompanharão o seu crescimento.

Capsula Mundi em exposição

A ideia de fazer a morte se transformar em uma nova forma de vida, como vimos antes aqui, já foi pensada também em outros dois projetos. Um se chama Poetree e o outro, Bios, uma urna biodegradável.

É verdade que o Capsula Mundi tem a ideia sui generis de enterrar o corpo em posição fetal, enquanto os outros projetos consistem em enterrar as cinzas do de cujus.

Ao nascermos, poderíamos ganhar uma árvore, como vimos na iniciativa da prefeitura de Itaperuna, no estado Rio de Janeiro e, ao morrermos uma outra, afinal, árvores nunca são demais, vocês não acham?

Capsula Mundi ciclo da vida

Assim, as cidades poderiam ganhar bosques que celebram a vida, a morte, tudo dentro do contexto do eterno ciclo de energia que é a natureza.

Leia também: Urnas biodegradáveis propõem vida após a morte

Fonte fotos: capsulamundi.it