Maria também amamentou Jesus

Maria também amamentou Jesus

Maria foi mãe. A mãe de Jesus. E como mãe amamentou o seu rebento. Para defender o direito à amamentação, o presépio montado no Largo da Glória, no Rio de Janeiro, traz Maria com o seio à mostra amamentando o seu filho, Jesus.

O presépio feito pelo padre Wanderson José Guedes surgirá à meia-noite do dia 24 no lugar da imagem de Maria grávida sobre o burrinho, cena que faz parte da representação inaugurada no dia 9 de dezembro, como informa O Globo.

Algo que é tão natural, acabou virando tabu pelo falso moralismo. A consultora em amamentação Clarissa Oliveira diz que o preconceito contra a amamentação em locais públicos está cada vez mais comum, ficando ainda mais forte quando a criança é um pouco maior.

“Apesar dos esforços de valorizar a amamentação, parece que cada vez mais as mulheres se sentem pressionadas, seja por ofensas diretas ou só por olhares indiscretos e comentários para não exporem os seios, cobrindo com paninhos ou se escondendo para amamentar. Os relatos de constrangimento são quase diários nos grupos de promoção do aleitamento materno”, relata Oliveira.

Considerada por alguns como ousadia, a imagem é um alerta sobre como o direito à amamentação tem sido vítima de constrangimentos, ignorância e falta de respeito com mães e crianças. Mesmo sabendo que pode ser alvo de críticas, a Paróquia do Sagrado Coração de Jesus, que é responsável pela obra, decidiu enfrentar essa missão.

De acordo com o padre Wanderson:

“O que me motivou foi a preocupação de parte das mães que não amamentam seus filhos por questões estéticas. E o crescente moralismo de alguns tradicionalistas que acham que amamentar em lugar público é uma indecência”.

Um desses casos de moralismo aconteceu em julho deste ano quando guardas municipais acusaram uma mãe de “atentado violento ao pudor” por estar amamentando seu filho em um terminal rodoviário, na Grande São Paulo.

A imagem, embora polêmica, é fundamental para o momento atual, no qual tanto a mulher quanto a infância parecem ameaçadas pelo moralismo.

O pároco explica que o presépio tem a função de estimular a evangelização pela arte, mas, sobretudo, de dar valor e reconhecimento contextuais ao nascimento de Jesus.

Uma demonstração de que mesmo uma religião tradicional como a católica pode – e deve – se conectar com os anseios dos cristãos contemporâneos.

Direito à amamentação

A amamentação é um direito da mulher e da criança e deve ser preservada e fomentada pelos governos. Algumas medidas governamentais que asseguram esse direito são:

1. Informar sobre os benefícios da amamentação para o bebê;

2. Promover licenças para as mães pós-parto;

3. Proteger a mãe para que ela tenha a segurança e as condições necessárias para amamentar em locais públicos.

Talvez te interesse ler também:

LEITE MATERNO: UM SUPERALIMENTO. AMAMENTAR É BOM PARA A MÃE E PARA O BEBÊ

AMAMENTAÇÃO PROLONGADA – POR QUE ELA É TÃO IMPORTANTE PARA A CRIANÇA

AMAMENTAÇÃO → TUDO O QUE É IMPORTANTE SABER PARA A SUA SAÚDE E A DO BEBÊ

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on google