Como ensinar um segundo idioma aos seus filhos – cinco passos

O aprendizado de um idioma estrangeiro é algo fascinante para adultos e para crianças também. Vale a pena considerar a possibilidade de ajudar o seu filho a falar o inglês, ou espanhol, ou outra língua que ele queira aprender.

O importante é motivar o seu filho e sair daquele padrão exigido pelos colégios tradicionais – particulares ou públicos. É essencial incentivá-los e explicar a importância do aprendizado para o futuro – eles crescerão e necessitarão em suas vidas pessoais e profissionais. Não tenha dúvidas que o inglês é o carro chefe, mas há outras possibilidades também.

Cinco dicas para ensinar um segundo idioma aos seus filhos

Primeira dica – tenha paciência

Os filhos gostam de colegas e amigos da escola e estudar em casa pode ser uma tarefa chata! Você precisa ter paciência e criar condições mais divertidas para que ele possa aprender com mais prazer. Você precisa explicar que é uma aula particular de inglês dada por você, e não por um professor de escola ou particular. Tenha paciência com a falta de maturidade do seu filho em entender, mas se você for uma pessoa criativa, conseguirá bons resultados.

Segunda dica – Comece com o básico no aprendizado

Ensinar passo a passo é essencial para que haja uma motivação especial. Comece ensinando o alfabeto, cores, números, etc – evite entrar em regras gramaticais mais complexas que possa confundir o seu filho. É uma situação muito inteligente se você programar e preparar as suas aulas de forma gradativa.

Terceira dica – lembre o que foi ensinado

É comum ocorrer que o seu filho se esqueça o que você explicou ontem, por exemplo. Reveja hoje e pratique os exercícios novamente. Isso irá ajudá-lo a rever alguns pontos essenciais de vocabulário em geral.

Quarta dica – faça brincadeiras e jogos

Fazer brincadeiras e jogos é essencial para que haja uma motivação extra e a aula não fique monótona, afinal de contas, você é pai ou mãe e possui uma autoridade diferente de um professor da escola. Crie condições divertidas para que o seu filho se sinta confortável e até se divirta com as suas explicações. Use e abuse de imagens e até da internet em sites, por exemplo.

Quinta dica – aumente o grau de dificuldade aos poucos

Assim que o seu filho conseguir um vocabulário mais amplo, é essencial que ele possa construir frases mais longas – motive-o a responder criando uma pequena conversação sobre temas simples do dia a dia. Assim ele pegará mais confiança e formará frases mais complexas e terá uma fluência maior em menos tempo.

Como podemos ver, tudo é questão de estratégia e planejamento. Vale a pena ter em mente que quanto mais cedo o seu filho aprender, melhor para ele.

greenMe.com.br é uma revista brasileira online, de informação e opinião Editada também na Itália como greenMe.it