Música Gospel. A história e as melhores canções

  • atualizado: 
música gospel

A temática da música Gospel gira em torno do louvor, adoração e graças à Deus, ao Cristo ou ao Espírito Santo. Para ampliar mais este tema serão desenvolvidos os seguintes assuntos:

 

1. Etimologia da palavra Gospel

Em inglês, "Gospel"= "God-spell" que significa Deus Soletra. Este significado é associado à vários sentidos religiosos: a palavra de Deus ao evangelho e sua mensagem, a boa nova de Cristo, entre outros.

2. A história da música Gospel

A música Gospel se constituiu no Sul dos Estados Unidos, no início do século XIX, quando os negros trabalhavam na colheita de algodão, realizando um serviço árduo, debaixo do Sol quente, eles entoavam canções de lamento, sons que eram produzidos pela alma sofrida, angustiada e cansada.

Os negros eram muito discriminados e maltratados pelo brancos nos Estados Unidos, por isso usavam a música para desabafar. Neste contexto, nasceu o “Blues”, uma música melodiosa e triste, que expressava o sentimento de tristeza dos negros, traduzido em canções. Este tipo de música acabou entrando nos templos e igrejas, como uma forma de louvor e súplica à Deus.

Dessa forma, a música Gospel teve sua essência e raiz na música cristã negra nos Estados Unidos da América, conhecida como Spirituals (Espirituais). A música da igreja Afro-americana influenciou os corais modernos e o atual Gospel contemporâneo (Música Cristã Contemporânea), além de outros estilos musicais do gênero.

3. Precursores da música Gospel

Thomas A. Dorsey (1899-1993), compositor de sucesso é considerado por muitos, o Pai da Música Gospel. No início de sua carreira ele era um importante pianista de Blues, conhecido aliás por Georgia Tom.

Ele começou a escrever Gospel depois que ouviu Charles A. Tindley (1851-1933) numa convenção de músicos na Filadélfia, A Igreja inicialmente não gostou do estilo de Dorsey e não achou apropriado para o santuário, na época.

Em 1994, após o seu falecimento, a revista norte-americana Score, publicou um artigo com o título: The Father of Gospel Music ("O Pai da Música Gospel"), neste artigo a revista declarou que quando Dorsey percebeu que as pessoas resistiam à música Gospel, ele investiu em 500 cópias da canção dele, If you See My Saviour ( "Se Você Vir o meu Salvador") e enviou para diversas igrejas do país.

Levou quase três anos para ele conseguir mais pedidos da música, mesmo assim, Dorsey não desistiu e com ajuda de outros bons músicos ele foi em frente. Trabalhou com as cantoras Sallie Martin (1895-1988) e Willie Mae Ford Smith (1904-1994), escreveu centenas de músicas Gospel e testemunhou a sua música subir no púlpito das igrejas, até naquelas que antes haviam sido recusadas.

Dorsey fundou a Convenção Nacional de Corais Gospel nos Estados Unidos, em 1932, uma organização que ainda existe até hoje. Thomas A. Dorsey, faleceu em 1993 aos 96 anos de idade, mas ficou na História como o Pai da Música Gospel, por ter lutado juntamente com as cantoras Sallie Martin, falecida aos 92 anos - 1988 e Willie Mae Ford Smith, falecida aos 90 anos - 1994, para a consolidação do estilo Gospel nas igrejas. Ele pode viver para ver suas músicas sendo cantadas nas mesmas igrejas onde, um dia, haviam sido rejeitadas.

4. A expansão da música Gospel

Após Dorsey, muitos outros novos nomes apareceram. para alimentar a nova corrente do Gospel, como Mahalia Jackson, Clara Ward e James Cleveland. Mahalia Jackson (1911-1972) foi convidada para cantar no programa de TV- Ed Sullivan Show, minutos antes do discurso pela liberdade negra de Martin Luther King, em que ele disse: I have a dream ( "Eu tenho um sonho").

E, posteriormente,p rotagonizou o funeral de Martin Luther King com a música de Dorsey, “Take My Hand, Precious Lord” (Segure minha mão, Precioso Pai) Clara Ward (1924-1973) junto ao The Ward Singers, foi uma artista com presença marcante e sua canção Surely God is Able recebeu o primeiro disco de platina após a Segunda Guerra Mundial.

Ward influenciou muitos artistas com seu estilo, incluindo nomes como Little Richard e Aretha Franklin. Edwin Hawkings Singers, O primeiro vencedor do disco de ouro com uma música Gospel, foi Edwin Hawkins Singers em 1968, com o famoso sucesso, Oh, Happy Day. James Cleveland, reconhecido por muitos como o “Rei do Gospel", não por ter uma voz melodiosa, mas por seu carisma e grande audiência.

O cantor James Cleveland (1932-1991) foi coroado, pelos seus admiradores, como "The King of Gospel" ("O Rei do Gospel"). Ele recebeu nada menos do que quatro GRAMMYs, incluindo um póstumos pelo seu álbum Having Church. O grande feito de Cleveland foi fundar, em 1967, a organização Gospel Music Workshop of America, considerada a maior convenção de Gospel do mundo, na atualidade, com mais de 185 escritórios de representações distribuídos pelos Estados Unidos.

5. A popularização do Gospel como estilo musical

O Gospel em sua forma original era geralmente cantado por um solista acompanhado por um coro e um pequeno conjunto instrumental. Grandes intérpretes da música norte-americana começaram como cantores de Gospel nas igrejas. É o caso de Mahalia Jackson, Bessie Smith, Aretha Franklin, Ray Charles e Solomon Burke.

Após a Segunda Guerra Mundial surgiram os quartetos Gospel, com suas músicas gritadas, com danças e roupas extravagantes e este estilo influenciou grupos e cantores de rock dos anos 1950, desde "Bill Haley e seus Cometas", passando por Jerry Lee Lewis, até Elvis Presley, nos anos da década de 1960. Nas décadas de 80 e 90 tiveram destaque os artistas Kirk Franklin e Fred Hammond.

6. Elvis Presley e o Gospel

Elvis Presley adorava música Gospel e foi um dos maiores divulgadores desse gênero musical, durante os meados do século XX. Desde a década de 1950, ele já incorporava em seus álbuns e canções esse gênero musical americano.

Como exemplo dessa relação de Elvis Presley com o estilo Gospel, estão as participações musicais em suas canções dos seguinte grupos: The Jordanaires logo depois, no final da década de 1960 até o começo da década de 1970, os The Imperials durante a mesma década os The Stamps, com a participação de J. D. Sumner o grupo vocal feminino de nome Sweet Inspirations e da cantora chamada Kathy Westmoreland.

Elvis lançou quatro álbuns Gospel:

  • Peace In The Valley em 1957
  • His Hand in Mine em 1960
  • How Great Thou Art em 1967, considerado um dos "divisores de águas" em sua carreira
  • He Touched Me em 1972.

Para se ter ideia do que Elvis representou para o Gospel americano, ele ganhou três GRAMMYs por suas interpretações neste estilo musical, em 1967, 1972 e 1974. Já em 2001 ele entrou para o "Hall da fama" do Gospel, deixando para sempre marcado o seu nome nesse gênero musical americano tão importante e influente.

Entre os sucessos Gospel de Elvis Presley estão:

Peace in the Valley - Veja Elvis cantando esta música neste vídeo, no começo de sua carreira.

Crying in the Chapel, sucesso mundial em 1965 How Great Thou Art.

Muitos o consideram um dos maiores intérpretes desse gênero tipicamente sulista nos Estados Unidos.

Neste vídeo Elvis Presley canta um de seus sucessos Gospel, a música How Great Thou Art, apreciem, recordem e conheçam a tradução da letra dessa bela canção!

7. Gospel no Brasil

A Música Gospel chegou ao Brasil através de missionários batistas e presbiterianos americanos. Algumas igrejas aqui adotaram o estilo tradicional deste gênero e traduziram os hinários para a língua portuguesa, como o Cantor Cristão e a Harpa Cristã.

A música Gospel, no Brasil, só só veio se concretizar mesmo na década de 80, mas com um sentido bem diferente do tradicional. Aqui passou a ser vista como“rock Cristão”, “rock para crente”, algo do gênero. No Brasil, alguns artistas da Música Gospel Brasileira de destaque são:

  • Shirley Carvalhaes
  • Vencedores por Cristo
  • Ana Paula Valadão
  • Aline Barros
  • Cícero Nogueira
  • Oficina G3
  • Cassiane
  • Raiz Coral
  • Arautos do Rei
  • Ludmila Ferber
  • Cristina Mel
  • Renascer Praise
  • Novo Som
  • Álvaro Tito
  • Metal Nobre
  • lex Gonzaga
  • Rose Nascimento
  • Mattos Nascimento
  • Jota Neto
  • Elias Silva
  • DJ Alpiste
  • Provérbio X
  • Fernanda Brum
  • Gabriela Rocha
  • Regis Danese
  • Preto no Branco
  • Thiago Brado
  • Hellen Caroline
  • Leandro Borges
 

8. Vídeos com Músicas Gospel

Neste vídeo a música Gospel. Faz um milagre em mim com Regis Danese:

Este outro Vídeo tem a música Gospel: Teu Santo Nome com Gabriela Rocha:

Aqui neste vídeo a música: Ninguém explica Deus com o grupo Preto no Branco e Gabriela Rocha

Este vídeo apresenta a música: Ressuscita-me com Aline Barros

A música deste vídeo é: Recomeçar com Aline Barros

A canção deste vídeo é: Meu Alvo com Thiago Brado

A apresentação neste vídeo é da música: Deus É Deus com Hellen Caroline

Este Vídeo mostra a apresentação da música: Deus e eu com Leandro Borges

E,neste último vídeo é cantada a música: Sempre Esteve aqui com Leandro Borges

9. Música Gospel, uma forma de expressão devocional à Deus

Independente da religião, devoção ou igreja, é fato que a música Gospel tem sua importância, tanto no aspecto histórico, quanto religioso, artístico e cultural, refletindo as transformações ocorridas na forma de cultuar e expressar a devoção à Deus, com o propósito de buscar força espiritual, seja nos mais diversos contextos e fases da história humana.

Afinal, uma boa música é harmoniosa e agrada corpo, mente e espírito!

Leia mais:

setaOUVIR MÚSICA: 10 FANTÁSTICOS BENEFÍCIOS PARA A SAÚDE

setaQUAL É A MÚSICA MAIS ALEGRE DE TODOS OS TEMPOS?

 

Fonte foto capa mymi

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!