Ratos lutando no metrô: a foto bizarra que o público elegeu como vencedora

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

A vida animal não é só a fofura que as fotos do Instagram mostram. Os bichos precisam lutar por comida, conseguir um abrigo e se defender de predadores. A estetização da vida fez com que deixássemos de perceber que a vida animal (inclusive a da espécie humana) é marcada por embates que determinam a própria sobrevivência dos indivíduos.

Imagine a cena: dois ratos brigando na plataforma de uma estação de metrô por comida. Um cena bizarra que talvez não causasse tanto estranhamento se as personagens fossem humanas. Sabendo disso, o fotógrafo Sam Rowley não podia perder a oportunidade de fazer esse registro.

A foto de Rowley está viajando pelo mundo após vencer o concurso de fotografia organizado pelo Museu de História Natural de Londres. Ele foi o ganhador do prêmio LUMIX People’s Choice deste ano, concedido pelo público a partir de uma seleção de mais de 48.000 imagens. A foto dos ratos brigões, que ficou entre a melhor de 25 finalistas, é denominada “Station Squabble”, traduzível como “briga na estação”.

A “sacada” da foto é retratar a vida natural em um contexto urbano. Durante longas noites, Rowley permaneceu no metrô de Londres à espera do momento perfeito. Seu esforço foi recompensado com esse registro original de uma cena na qual dois ratos brigam por uma migalha. Logo depois, o vencedor, triunfante, se retira de cena com a sua recompensa.

“Estou muito feliz por ganhar este prêmio. É o sonho de uma vida ter sucesso nessa competição dessa maneira, com uma foto tão reconhecível tirada em um ambiente tão diário na minha cidade natal”, comemora o fotógrafo.

Se pensarmos na vida dos seres retratados por Rowley, ela é muito dura. Muitos desses ratos de metrô nunca viram a luz do dia ou sentiram a grama sob as patas. Nos túneis subterrâneos, os animais lutam pela sobrevivência e aprendem a conviver com os seres humanos.

Embora alguns de nós torçam o nariz ao ver ratos no metrô, Sam descobriu que alguns viajantes não se importavam, pelo contrário.

“Isso realmente me surpreendeu. Muitos confessaram terem se divertido observando-os na plataforma da estação”, conta.

A imagem de Sam oferece uma visão fascinante de como a vida selvagem é em um ambiente dominado pelo homem. O comportamento dos ratos é bastante parecido com o nosso, sendo moldado pela nossa rotina diária no transporte que usamos, disse Michael Dixon, diretor do Museu de História Natural.

Outras imagens foram, ainda, premiadas pela competição, as quais vale a pena conferir:

Talvez te interesse ler também: 

As mais lindas fotos de animais selvagens no Wildlife Photographer Of The Year 2019

Tecelões-sociáveis: os pássaros arquitetos que constroem os maiores e mais complexos ninhos do mundo

Atlas das Serpentes Brasileiras: o maior estudo sobre as espécies de serpentes no Brasil

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
É doutora em Estudos de Linguagem, já foi professora de português e espanhol, adora ler e escrever, interessa-se pela temática ambiental e, por isso, escreve para o GreenMe desde 2015.
Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Siga no Instagram
Siga no Facebook