O Decálogo do Turista Responsável

  • atualizado: 
turistas

Um turista verdadeiramente responsável? É aquele que respeita o lugar que está visitando, segue regras básicas de educação e sustentabilidade e não deixa lixo por onde passa.

Os turistas responsáveis evitam ao máximo possível poluir e danificar o lugar que os acolhe, o que não é tão fácil se você pensar que, nas cidades turísticas, na alta estação ou em época de férias, a sua população pode crescer até 8 vezes, ou mais! O que por si só já causaria um dano praticamente inevitável.

É fundamental, portanto, que todos aqueles que estiverem em férias tenham isso em mente e não descuidem de seus bons hábitos (reciclar, reutilizar, reutilizar apenas porque estão em férias), ao contrário…

Veja regras simples que você deve manter mesmo fora de casa, em férias, pois na natureza não existem dias de folga.

Um Decálogo do Turista Responsável:

  1. Informe-se sobre como funciona a coleta de lixo na cidade onde você for passar férias.
  2. Faça uma mala com menos coisas que possam ficar ali como lixo (use lenço de pano em vez de papel, coletor menstrual, fraldas de pano, etc).
  3. Evite comprar baboseiras que apenas poluem. Dê valor aos produtos locais que fomentem a economia local.
  4. Em piquenique ou na praia, lembre-se sempre de levar uma sacola extra para armazenar todos os resíduos e depois jogá-los em seus devidos lugares.
  5. Evite ao máximo fumar e deixar as bitucas por aí (fumar faz mal ao ambiente além do pulmão de quem fuma e de quem está perto fumando passivamente).
  6. Escolha destinos de baixo impacto ambiental e prefira estruturas para se hospedar possivelmente com certificações ecológicas e que sejam integradas ao contexto natural do lugar.
  7. Prefira se locomover, se possível, com meios não poluentes como de bicicleta e ou a pé.
  8. No restaurante, se você não comer toda a comida, peça a famosa bag-dog e leve as sobras para casa para comer no dia seguinte. Não desperdice alimento, desperdiçar alimento é desperdiçar água!
  9. Não desperdice os recursos naturais locais: feche a torneira sempre que não a estiver usando (lavando dentes, ensaboando mãos, ensaboando-se no chuveiro, etc)
  10. E não é porque você está pagando que vai abusar no uso da luz e do ar-condicionado. Desligue tudo o que não estiver usando e poupe a energia independentemente do quanto, ou quem, paga pois a conta verdadeira é a natureza quem recebe.

Leia mais sobre Viajar e Turismo:

seta

2017: ANO INTERNACIONAL DO TURISMO SUSTENTÁVEL

seta10 LUGARES PARA OS VIAJANTES POR UM MUNDO MELHOR

setaSUSTAINABLE CITIES INDEX 2016: ESTAS SÃO AS CIDADES MAIS SUSTENTÁVEIS DO MUNDO