2017: Ano Internacional do Turismo Sustentável

  • atualizado: 
viajar

2017 foi estabelecido pela ONU como o Ano Internacional do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento. E o Brasil pode ganhar muito com isso.

O nosso país tem um potencial turístico muito grande, devido à sua exuberante e diversa natureza. O turismo é uma importante fonte econômica para o país e de valorização da nossa cultura e do nosso patrimônio. O objetivo da ONU, ao indicar 2017 como o Ano Internacional do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento, é justamente dar visibilidade às diferentes culturas dos povos de todo o mundo.

De acordo com a Central Press, A ONU entende que o setor do turismo pode contribuir para o desenvolvimento mundial nos três aspectos da sustentabilidade: econômico, social e ambiental. E o Brasil tem todo o potencial para se beneficiar com turismo.

Ponto forte: a natureza

O Brasil tem uma biodiversidade incrível: uma costa com praias belíssimas, cachoeiras, chapadas, florestas encontradas em todos os estados do país e no Distrito Federal. Com tanta pujança, é fundamental que o país proteja os seus bens naturais e culturais, já que a natureza interfere na forma de os povos se organizarem socialmente.

Além disso, o Brasil pode aproveitar todo esse potencial natural para o turismo investindo em unidades de conservação, como os parques nacionais, estaduais e municipais. Alguns pontos turísticos muito procurados para visitação são: o Parque Nacional do Iguaçu (Paraná), o Parque Nacional Marinho Fernando de Noronha e o Parque Nacional da Tijuca (Rio de Janeiro). É possível conhecer os parques abertos à visitação no site Wikiparques.

Valorização humana

Para atrair turistas estrangeiros e do próprio país é preciso investir, além da conservação, em infraestrutura. E para que isso seja bem-sucedido de forma sustentável as comunidades locais têm que participar de projetos, tais como capacitações para moradores atuarem como guias locais, como empreendedores no comércio, no setor de hotelaria, alimentação e transportes.

De acordo com Teresa Magro, membro da Rede de Especialistas em Conservação da Natureza, o Ano Internacional do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento pode estimular as pessoas a conhecerem as áreas naturais protegidas, fazendo com que elas se aproximem mais da natureza e que as comunidades regionais sejam capacitadas. "Mas esse desenvolvimento não pode ser apenas em 2017, tem que ser algo contínuo, para que possamos colher resultados a médio e longo prazos", comenta.

Proposta da ONU

A ONU vislumbra valorizar o potencial natural dos países, mas também incentivar órgãos nacionais a agilizarem agendas para a conservação da natureza aliada ao desenvolvimento regional, relação que traz benefícios econômicos, sociais e ambientais, gerando valores, serviços e distribuição de renda com intervenções mínimas na natureza.

Para isso, os governos precisam fazer a sua parte implementando uma infraestrutura adequada (banheiros, trilhas, fiscalização, alternativas de acesso) e informação, para que as pessoas conheçam e entendam a importância, por exemplo, dos parques. Ou seja, além de o turista visitar um lugar incrível, como as Cataratas do Iguaçu, ele deve ser informado da importância da preservação ambiental, como dar um correto destino ao lixo e não alimentar animais.

Tomara que o Brasil saiba aproveitar essa oportunidade para fortalecer-se no turismo natural!

Especialmente indicado para você:

CONHEÇA O PARQUE NACIONAL DE BRASÍLIA E SUA TRILHA DE 15 KM PARA CICLISTAS

PARQUE NACIONAL DA SERRA DA CAPIVARA, PATRIMÔNIO DA HUMANIDADE, PEDE SOCORRO!

ONDE FAZER TURISMO SUSTENTÁVEL NO BRASIL

TURISMO NAS ALDEIAS: UM AUTÊNTICO PROGRAMA DE ÍNDIO

10 LUGARES PARA OS VIAJANTES POR UM MUNDO MELHOR

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!