Chapada dos Guimarães: conheça suas principais atracões turísticas

Chapada dos Guimarães

Quando o assunto é o ecoturismo, a Chapada dos Guimarães é uma das prioridades dos turistas brasileiros e estrangeiros. O Parque Nacional da Chapada dos Guimarães é uma unidade de conservação brasileira, localizada no estado do Mato Grosso, mais especificamente nas cidades de Chapada dos Guimarães e Cuiabá. Sua área compreende um território de 33 mil hectares ao todo e é administrada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

A Chapara dos Guimarães é formada por várias montanhas de granito, despenhadeiros e cânions que fazem a beleza agreste da região do cerrado mato grossense. Muitas atividades são feitas na Chapada dos Guimarães, entre elas trekking, rapel, flutuação e escalada, além da caminhada pelas trilhas da chapada.

Conheça as principais atrações da Chapada dos Guimarães:

Vale do Rio Claro

foto: chapadaoffroad

Por aqui a ordem é realizar caminhadas em áreas naturais com vegetação abundante, além de uma vista na Crista de Galo com visualização de 360° dos paredões areníticos, banhos no Poço da Anta e flutuação ao longo do Rio Claro.

No Vale do Rio Claro é possível fazer caminhadas, banho em cachoeiras, ciclismo, travessia e observação de fauna.

O acesso só pode ser feito com guia ou condutor cadastrado ao parque e com agendamento prévio. Para agendar, acesse este site aqui.

O agendamento deve ser feito até 11h30 horas do dia do passeio, sendo a entrada permitida entre 8h30 e 12h00 e a saída até 17h00.

Centro Histórico, Mirante e Horto Florestal

foto: ecotrilhaschapada

Visão panorâmica de um extenso mar de morros, da planície pantaneira e da capital Cuiabá, é o que oferece o Mirante da Chapada dos Guimarães (Centro Geodésico), enquanto que o Horto Florestal abriga várias mudas para reflorestamento.

Já o Centro Histórico da Chapada é um excelente lugar para compras de produtos artesanais.

Cidade de Pedra

foto: tripadvisor

A Cidade de Pedra é uma cidade em ruínas, literalmente. Com vários paredões de formações rochosas e com 350 metros de desnível, esculpidas pelo vento e pela chuva nas áreas planas do lugar. Véu da Véu da Noiva

Mesmo que nunca tenha ido, você já viu muitas imagens com esse importante Parque Nacional, com biodiversidade, chapadões e quedas d’água gigantescas.

Na sede do Parque, você poderá desfrutar de atividades de caminhada, banho de cachoeiras e a contemplação com o acompanhamento de guias, destacando-se a cachoeira Véu da Noiva, a trilha das Cachoeiras e o morro São Jerônimo.

foto: ecotrilhaschapada

Para chegar à Chapada dos Guimarães você deve utilizar a Rodovia Emanuel Pinheiro – MT 251 até a entrada principal do parque após 50 quilômetros de estrada. Mais informações, clique aqui.

Leia também:

DESCANSO NO CARNAVAL: CONHEÇA 5 CACHOEIRAS PARA FUGIR DA FOLIA

BED AND LEARN: COMO VIAJAR GRÁTIS EM TROCA DE HOSPITALIDADE E CONHECIMENTOS

QUE TAL CONHECER O MUNDO TRABALHANDO EM FAZENDAS ORGÂNICAS?

Fonte foto capa:shutterstock