Barraca solar é solução para amantes de festivais de música

  • atualizado: 

foto

O Festival de Glastonbury, também conhecido como Glasto, é o maior festival de música a céu aberto do planeta. No festival, além das apresentações musicais, há também atrações de dança, teatro, humor, cabaré, circo e outras formas de arte. O festival ocorre no sudoeste da Inglaterra por três dias durante o último fim de semana de junho, e sempre reúne milhares de pessoas que acampam para aproveitar todos os dias do festival. Iniciado nos anos de 1970, hoje, o festival reúne um público ávido por tecnologia, tablets e smartphones. Ou seja, uma quantidade enorme de energia é necessária para manter as coisas funcionando para o público presente na festa.

Pensando nisso, a Kaleidoscope desenvolveu o Orange Solar Tent (Barraca Laranja Solar, em livre tradução), um acampamento criado para atender às necessidades de energia no local. Para isso a Kaleidoscope se uniu ao grupo Orange, um dos maiores fornecedores de telecomunicações do mundo.

A ideia e o desafio

Com tantos aparelhos eletrônicos que iriam perder a força até o final do festival, a ideia era criar uma maneira, por meio de energia renovável, que energizasse os celulares, tablets e aparelhos de campismo que os frequentadores do festival carregassem, e o desafio era criar uma barraca que, além de fornecer um lugar para ficar, desse também energia para carregar tudo que seu usuário necessite.

Através da combinação de sistemas de energia e de acampamento solar, foi projeto uma solução que permitiu aos usuários alimentar seus celulares aparelhos eletrônicos, o Orange Solar Tent.

Desenvolvimento e funcionamento

Para desenvolver e aprimorar o conceito barraca solar, uma pesquisa aprofundada sobre tecnologias de energia e das comunicações emergentes foi realizada. Esta pesquisa permitiu mostrar um enorme potencial de Orange Mobile como um inovador futuro no florescente campo de soluções de energia criativa.

foto

Com design moderno, a barraca absorve energia solar por meio de seu teto retrátil desenvolvido especialmente para a tarefa. A energia é transferida para carregadores internos de celulares e outros aparelhos que podem recarregar os equipamentos, preferencialmente, durante a noite, quando a energia acumulada de um dia inteiro for captada.

E por falar em noite, a energia solar absorvida, ilumina o teto da barraca nos períodos noturnos. O brilho radiante ilumina tanto dentro, quanto fora da barraca.

Uma novidade e tanto para os viajantes de plantão!

Leia também:

GLAMPING: AS BARRACAS PARA OS AMANTES DO ACAMPAMENTO DE LUXO

SHABBYSHABBY: O HOTEL TEMPORÁRIO FEITO DA RECICLAGEM DE LIXO

KRYSTALL, UM ECO-HOTEL FLUTUANTE E 5 ESTRELAS, PARA ADMIRAR A AURORA BOREAL

Fonte foto: youredm.com