Turismo para pessoas com deficiência: nas gôndolas de Veneza com as cadeiras de rodas

gôndolas de Veneza para pessoas com deficiência

Ser turista e admirar as belezas das cidades no mundo inteiro deve ser uma possibilidade para todos. Ainda hoje, o passeio de gôndola em Veneza é um sonho para aqueles que vivem em uma cadeira de rodas. As pontes não são adequadas para as cadeiras de rodas, mas uma equipe de arquitetos projetou as Gondolas4All, uma solução que permite a todos de visitar a famosa cidade dos barcquinhos cênicos na Itália.

E a ideia foi lançada no Indiegogo para recolher fundos para a realização do projeto.

Trata-se de uma ideia nova: a construção de uma doca especial associada a uma plataforma automática, que pode facilmente levar à bordo de uma gôndola, uma pessoa numa cadeira de rodas.

A doca flutuante seria feita inteiramente de plástico recicláveis, provenientes do tratamento do tetrapak e fabricada pela empresa Rein. O acesso às gôndolas, desta forma, se dariam através do deslizamento da rampa especialmente criada para tal.

A plataforma seria totalmente automatizada. A cadeira de rodas seria fixada e levada à gondola com a ajuda de dois motores que a moveriam e a levariam com rapidez e segurança para dentro do barquinho.

As vantagens de acordo com os criadores seriam três: em primeiro lugar, a pessoa pode ficar confortavelmente sentada em sua cadeira de rodas; em seguida, o sistema é capaz de se adaptar a diferentes tipos de deficiência motora, e a manobra de embarque ocorreria de forma totalmente segura.

O cais foi projetado pelo estúdio de arquitetos e engenheiros do Moro di Venezia e já foi apresentado no final de 2013, para às secretarias de Edifícios Privados da cidade.

O projeto Gondolas4All remonta ao início de 2012 e foi concebida por Alessandro Dalla Pieta e pelo gondoleiro Enrico Greifenberg. O projeto já recebeu € 50.000 da Região, que está empenhada em apoiar o desenvolvimento do turismo acessível na cidade lagoa.

Para explicar o funcionamento fizeram até um desenho animado:

O crowdfunding vai financiar a construção da primeira plataforma com acesso automatizado às pessoas com deficiência em Veneza. O projeto partirá já do Piazzale Roma, o ponto de chegada de carros e ônibus na estação de trem das proximidades.

Muito bom! E nosso Brasil querido também tem programas de acesso às pessoas com deficiência relacionados ao turismo, como você pode ler nos dois artigos abaixo.

Leia também:

Turismo para portadores de deficiência: o Brasil que a gente quer

Como as pessoas com deficiência fazem banho de mar?