Vai para a África do Sul? Hospede-se em uma favela!

Hospede-se em uma favela em Africa do Sul

E o turismo de “exotismo” continua pelo mundo. Primeiro, essa indústria toma o turismo do Rio de Janeiro, por meio de iniciativas como “Favela Jeep Tour” – que é um itinerário por algumas favelas da Zona Sul do Rio de Janeiro a bordo de um Jeep descoberto; assemelhando-se aos safáris praticados na África.

Agora temos a “incrível” opção de não ficarmos em um hotel ao viajarmos para a África do Sul, mas sim em Shanty Town, ou seja, o turista terá a oportunidade de se hospedar em uma favela!

Segundo o site, em inglês, é chamada de “uma experiência única de acomodação" em Bloemfontein uma das capitais da África do Sul.

Isso tudo, para que o visitante possa se sentir como um dos milhões de habitantes do país, que vivem em “ocupações informais” na área.

Assim, Shanty Town “brinda” o hóspede com as Shacks, Shantys ou Makhukhus, que são os tradicionais barracos, como conhecemos no Brasil.

São feitos de folhas de ferro ou material assemelhado, dispostos de modo a formar uma casa pequena. E, ainda segundo os responsáveis, o melhor de tudo é a segurança, afinal as acomodações foram todas erguidas na segurança de uma área privada. No “hotel”, há uma lotação de 52 hóspedes.

E então, o que você acha desse tipo de turismo? É válido como experiência ou é uma utilização mercadológica da miséria?

Leia também: 10 lugares para os viajantes por um mundo melhor

Fonte fotos: www.emoya.co.za