Os benefícios da argila para a saúde

benefícios da argila para a saúde

Há bastante tempo já conhecemos todos os componentes de cura relacionados ao uso da argila, que deixa o organismo mais resistente, forte e com saúde. Isso ocorre porque o corpo humano é composto por elementos que estão presentes em abundância na argila, tais como zinco, sódio, cloro, enxofre, ferro, cálcio, cobalto, magnésio, entre outros.

Dada a importância de todos estes elementos, a argila vem para nutrir e servir de complementação à saúde dos dentes, metabolismo e ossos, por meio da intervenção desses sais minerais essenciais.

Sais minerais e a argila

Muito embora os sais minerais sejam encontrados facilmente na alimentação, o organismo, na fase adulta, tende a fazer trocas de sais minerais com o ambiente externo, em quantidade igual à que consome nos alimentos. Desse modo, há um déficit desses nutrientes. Por isso, a argila vem sendo aplicada, para auxiliar em problemas de saúde humanos.

O poder da argila

A argila é uma substância que apresenta grande poder regenerador, absorvente e cicatrizante, portanto, pode apresentar ótimos resultados no combate de diversos tipos de inflamação, como por exemplo, na área do estômago, dos rins e do fígado. Combate doenças da tireoide, fungos, feridas, úlceras, entre outros. A argila poderá ser aplicada no local da infecção ou da doença, para uma ação terapêutica mais localizada e imediata.

Como usar a argila

Para utilizá-la é muito simples: basta misturá-la a um pouco de água, de modo a formar uma massa cremosa, ou uma papinha, e então basta aplicá-la sobre a região interessada, deixando-a agir por, pelo menos, 2 horas.

Na sequência, deve ser totalmente retirada, sem que se deixe qualquer resíduo. Se sobrar a mistura de argila, deve ser desprezada, sem qualquer reaproveitamento.

A argila deverá ser aplicada, ao menos, três vezes por semana.

Novidades científicas sobre a argila

Segundo pesquisas recentes, a argila originária do Brasil tem sido reconhecida como uma substância que pode começar a ser utilizada pela indústria farmacêutica e de cosméticos, podendo inclusive substituir alguns corantes e conservantes, resultando em produtos ecologicamente corretos.

Fonte foto: freeimages.com