©Thanti Nguyen/Unsplash

Farinha de caroço de abacate: alto potencial nutritivo. Benefícios e como fazer

O caroço, ou semente, de abacate possui alta concentração de compostos fenólicos, principalmente ácido oleico, excelente para a saúde.

Os compostos fenólicos presentes nos vegetais são os principais responsáveis pela atividade antioxidante das células, combatendo os radicais livres.

Melhor que o fruto

Segundo o estudo “Composição Química e Atividade Antioxidante Da Polpa e Resíduos de Abacate ‘Hass’”, a casca e a semente do abacate possuem maior teor de compostos fenólicos e atividade antioxidante em relação à polpa. 

A pele do caroço do abacate é cheia de substâncias preciosas, úteis contra tumores

Farinha de caroço do abacate: valores nutricionais

Uma forma fácil de consumir o caroço do abacate é transformando-o em farinha, que pode ser colocada no suco, vitaminas, misturada à outras farinhas, no feijão, ensopados, ou aonde sua imaginação chegar.

De acordo com um estudo publicado pela Embrapa, da composição química da farinha do abacate, verificou-se o seguinte perfil nutricional:

  • Umidade 10,91%
  • Proteína 4,57%
  • Fibra solúvel 3,57%
  • Fibra insolúvel 11,55%,
  • Carboidratos 63,8%
  • Potássio alta concentração
  • Ferro 20.26%
  • Zinco 11.56%
  • Manganês 3,14%
  • Cobre 5,90%

Propriedades e benefícios

A farinha de caroço de abacate tem alto potencial nutritivo, pode ser considerada:

  • fonte de ferro
  • zinco
  • manganês
  • cobre
  • rica em fibras
  • rica em proteínas
  • rica em microminerais principalmente o ferro.

Sendo assim, a farinha de caroço de abacate agrega grande valor nutricional aos pratos.

Além disso, segundo revela pesquisa da agrônoma Maria Augusta Tremocoldi, do Centro de Energia Nuclear na Agricultura (Cena) da USP em Piracicaba,

“a casca e a semente do abacate possuem compostos com atividade antioxidante, com grande potencial de utilização na indústria de alimentos e farmacêutica. Os antioxidantes naturais poderão ser utilizados em substituição aos antioxidantes sintéticos.”

Restou evidenciado na pesquisa, que nas sementes do abacate estão presentes o ácido trans-5-O-cafeoil-D-quínico, procianidina B1, catequina e epicatequina que podem ser considerados fontes de compostos bioativos de grande potencial funcional.

Como fazer farinha de abacate em casa

A farinha pode ser obtida a partir do caroço da fruta.

Lave o caroço, rale ou corte em pedações pequenos e seque ao sol ou no forno.

Depois de seco é só processar até virar pó. A farinha está pronta para uso.

Da farinha ao óleo

Com a farinha do abacate é possível extrair um óleo essencial poderoso.

Segundo o estudo publicado pela Embrapa, “Perfil De Ácidos Graxos No Óleo Extraído Das Farinhas Dos Caroços De Jaca, Abacate E Seriguela”, no óleo extraído da farinha do caroço de abacate foram encontrados 35% de ácidos graxos, com maior concentração do ácido palmítico (48,22%), seguidos do ácido linoléico (ômega-6) e ácido linolênico (ômega-3).

Os ácidos graxos insaturados (ácidos oleicos), podem combater doenças cardiovasculares. 

Os ácidos graxos essenciais para a alimentação humana são o ácido linoléico (ômega-6) e o ácido linolênico (ômega-3).

A importância destes ácidos graxos está na capacidade deles em se transformarem em substâncias com funções especiais que auxiliam no equilíbrio do organismo, em componentes da estrutura das membranas celulares, e do tecido cerebral e nervoso.

Ainda de acordo com o estudo, os ácidos graxos insaturados (ácido oléico), além de ajudar a reduzir doenças cardiovasculares, podem servir de grande regulador do organismo, por sua função antioxidante.

Contraindicações

A farinha de caroço de abacate não apresenta contraindicação, porém o uso de qualquer substância deve ser precedida de orientação profissional.

Bom proveito e não jogue mais fora o caroço do abacate, transforme em farinha ou plante uma árvore.

Talvez te interesse ler também:

Óleo de abacate – benefícios, propriedades e como fazer em casa

Abacateiro: árvore medicinal onde tudo se aproveita

Chá de Caroço de Abacate – Você Conhece?

Sobre Juliane Isler

Juliane Isler
Juliane Isler, advogada, especialista em Gestão Ambiental, palestrante e atuante na Defesa dos Direitos da Mulher

Veja Também

Celósia: a planta que, além de linda, serve como alimento e medicamento

Já ouviu falar da planta Celósia? Além dessa planta ter uma linda flor, ela é uma …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *