Feno-grego: propriedades, benefícios, quanto consumir e onde encontrar

feno-grego

O feno-grego Trigonella foenum-graecum é uma planta do gênero Trigonella, um termo que se refere à forma triangular de suas sementes e à trigonelina, componente característico deste vegetal. Por muito tempo, o feno-grego foi utilizado para a alimentação animal, mas com o tempo o homem descobriu as suas propriedades benéficas para a saúde.

Esta planta era conhecida na Pérsia e no Egito Antigo e o seu cultivo na Europa provavelmente começou graças aos monges beneditinos. Em português, o feno-grego é também conhecido como Alforva, nome de origem árabe.

Propriedade e benefícios do feno-grego

O feno-grego é fonte de vitaminas, especialmente contém vitaminas A, C e vitaminas do complexo B. Também contém minerais como cálcio e ferro.

O feno grego tem muitas propriedades benéficas. É antisséptico e anti-inflamatório, tem propriedades emoliente e expectorante. É reconstituinte, tônico e calmante.

É considerado um alimento hipoglicêmico, cuja ingestão pode ser útil no caso de diabetes. O feno-grego também ajuda a reduzir os níveis de colesterol ruim, graças ao seu teor de fibras e de lecitina.

O feno-grego é considerado útil no caso de glândulas linfáticas inchadas, para combater o aparecimento de celulite, acnes e espinhas graças ao seu poder antisséptico e anti-inflamatório. A mucilagem do feno-grego ajuda a pele a se manter jovem e hidratada e também contribui para o bom funcionamento dos intestinos. Em geral, o feno-grego ajuda a manter os níveis estáveis ​​de triglicerídeos, colesterol e açúcar no sangue.

Como e para quê consumir feno-grego?

A ingestão de feno-grego é recomendada especialmente quando a pessoa se sente fraca e debilitada. Na verdade, o feno-grego é considerado um bom reconstituinte uma vez que estimula o apetite.

Portanto, consumir feno-grego pode ser útil durante a convalescença, em caso de perda de apetite, e na presença de anemia por deficiência de ferro, porque o feno-grego é rico nessa substância. O extrato de feno-grego é recomendado para melhorar a digestão. A decocção de sementes de feno-grego é considerada uma valiosa ajuda em caso de hemorróidas.

O feno-grego pode ajudar o nosso corpo a aumentar a produção de células vermelhas do sangue. Além disso, é recomendado também para combater ondas de calor típicas da menopausa, insônia, suores noturnos e alterações de humor. A infusão de feno-grego é recomendada para mulheres para incentivar a produção de leite durante a amamentação.

É necessário consultar um médico, e ou fitoterapeuta, para recomendar, dependendo do seu estado de saúde, em quais circunstâncias tomar o feno-grego, por quanto tempo e de que modo.

Normalmente, a ingestão de feno-grego como suplemento - extrato líquido ou cápsulas - ocorre antes da refeição principal, mas também para isso sugerimos que você siga o conselho do seu especialista de confiança. Lembre-se, finalmente, que o feno grego é um alimento nutritivo que pode melhorar a sua saúde. Em culinária utilizam-se suas folhas, frescas ou secas, e suas sementes moídas como condimentos ou seus brotos germinados.

Onde encontrar o feno-grego e quanto consumir

Em lojas de alimentos naturais ou na internet se encontram para comprar seja o chá que as sementes. Para fazer o chá, use uma colher de chá para cada xícara de chá e beba 2 ou 3 vezes por dia.

As sementes podem ser usadas para fazer brotos em casa ou se moídas e transformadas em pó, podem ser usadas como condimento em qualquer prato mas têm um sabor amargo, muito apreciado na cozinha asiática.

Também existem à venda as cápsulas como suplemento, recomendadas geralmente para melhorar o metabolismo e também o feno-grego em forma de extrato líquido.

As quantidades exatas devem ser prescritas por um profissional que irá considerar cada caso em especìfico.

Leia também:

MICOSE NAS UNHAS: POR QUE OCORRE E QUAIS REMÉDIOS NATURAIS USAR

KIWI: FRUTA DE MIL PROPRIEDADES, USOS E BENEFÍCIOS

SAL ROSA DO HIMALAIA: 10 EXTRAORDINÁRIOS BENEFÍCIOS E COMO USAR