Arroz - alguns usos medicinais desse grão que alimenta mais de metade da população mundial

arroz-usos-medicinais

O arroz é alimento básico em muitas partes do mundo. Aqui no Brasil, junto com o feijão, a mandioca e o milho, onde compõe o “prato forte” da maioria da população, também é conhecido seu uso medicinal. Mas vamos ressaltar aqui alguns usos interessantes para você se relembrar.

Arroz é uma grama, um capim, família botânica das Gramineae e são sete as espécies normalmente cultivadas: Oryza barthii, Oryza glaberrima, Oryza latifolia, Oryza longistaminata, Oryza punctata, Oryza rufipogon e Oryza sativa, o mais comum para nós. Esta é a terceira maior cultura cerealífera do mundo. E é rico em hidratos de carbono mas, não só, especialmente se for integral.

O arroz surgiu no sudoeste da Ásia - China, Índia - e por esses lados existem evidências de que é cultivado a, pelo menos, 7.000 anos. Então, também por isso se entende a sua importância na alimentação humana. Talvez tenha sido a primeira planta a ser domesticada pelo ser humano. Mas aqui no nosso continente também se cultivava arroz antes da colonização.

O arroz era o "milho d'água" (abati-uaupé) que os tupis, muito antes de conhecerem os portugueses, já colhiam nos alagados próximos ao litoral (veja aqui). A partir de então a produção de arroz em terras americanas só cresceu, se espalhou. Mas, o cultivo do arroz tem um problema sério, gasta água demais. Para se ter 1 kg de grão de arroz são necessários 2.500 l de água, uma enormidade que vai limpa e volta, um dia, mas o ciclo é pesado.

Um projeto na Ásia está dando um jeito de reduzir esse gasto de água à metade, é o SRI - Sistem of Rice Intensification (se você quiser conhecer, leia aqui ). Se bem que também existam variedades de arroz que se cultivam em sequeiro esta forma ainda não tem a extensão da produção de arroz de irrigação.

Leia aqui sobre setaALIMENTOS QUE FAZEM MAL AO PLANETA

Arroz na medicina popular

Na medicina indiana e aiurvédica o arroz é um elemento principal e nos conhecimentos populares de várias partes do mundo, o seu uso mostra a eficácia no alívio da dor e como sedativo do trato gastrointestinal.

O arroz tem propriedades antioxidantes, emolientes, esfoliativas, adstringentes e refrescantes e é usado tanto o grão cozido como sua água dele resultante. É um alimento rico em amido e, quando na forma integral, também é rico em proteínas e vitaminas do complexo B e vitamina E.

A farinha de arroz, muito leve, é usada em papas para aliviar a pele com irritação.

Outros usos interessantes do arroz é no alívio de dores musculares: se você estiver com dores nos pés, encha duas meias de algodão com grão de arroz aquecido e ponha nos pés. É uma compressa muito efetiva pois o arroz mantêm a temperatura por um bom tempo.

A naturopatia portuguesa aconselha o uso da água de arroz também na prevenção e melhora de doenças cardiovasculares, diabetes e colesterol (veja aqui), como fonte de ferro, fósforo e potássio, silícia que é importante para a prevenção da osteoporose, como cicatrizante, hidratante e na minimização de reações alérgicas, como regulador da flora intestinal (lembra da sopa de arroz com batata que a vovó fazia quando você estava com diarreia?).

Por não conter glúten é um alimento indicado aos celíacos. Também é usado em casos de intoxicações alimentares, úlcera e acidez gástrica. E sua água, em lavagens tópicas para os que sofrem de psoríases e inflamações cutâneas. Interessante é o seu uso para problemas renais pois previne a formação de cálculos e ajuda na eliminação do excesso de líquidos. Já os que sofrem de diabetes, com o consumo de arroz, eliminam o excesso de água e glucose estabilizando os níveis desta no sangue.

Agora, para pressão arterial alta uma receita infalível é a dieta do arroz. Dê preferência ao arroz integral por ser mais alimentício. Cozinhe o arroz em água pura até ficar mole e coma, durante 7 dias seguidos, em todas as refeições, só arroz. Seu corpo se desintoxicará e a pressão baixará como nunca.

A água de cozimento do arroz também é muito boa para lavar o rosto. Use-a fria. Vai deixar sua pele saudável e aliviada de vermelhidões. Faça essa lavagem a cada três dias, dormindo com a água de arroz na pele. Você vai sentir a melhora.

Na Índia, a água de arroz é usada para baixar a febre em crianças e os portugueses a usam para casos de diarreia e dores de barriga.

E você também pode fazer “leite de arroz” para usar como alternativa ao leite comum. Bata 1 copo de grãos de arroz com 4 copos de água, uma pitada de sal, no liquidificador até que os grãos se dissolvam por completo. Esta é uma das receitas de leite de arroz que encontrei mas, na internet tem várias, diferentes. Procure a que se adapte melhor a você e experimente. Vai te fazer bem.

Leia também:

setaLEITE DE ARROZ: VEJA PORQUÊ FAZ BEM

setaTÉCNICA JAPONESA USA PATOS, PEIXES E PLANTAS PARA PRODUZIR ARROZ ORG NICO

setaCONHEÇA OS TIPOS DE ARROZ E SEUS BENEFÍCIOS