Síndrome do pânico: os 10 melhores remédios naturais

Síndrome do pânico

Desespero, medo e sudorese são apenas alguns dos sintomas mais comuns de uma das condições mais comuns da sociedade ocidental moderna – a Síndrome do Pânico. Comum em ambos os sexos, a Síndrome do Pânico pode fazer parte da vida de pessoas que, geralmente, têm de 25 a 45 anos de idade – a idade em que o estresse no trabalho, a pressão familiar e, até mesmo, medos cotidianos estão mais presentes.

Embora a Síndrome do Pânico possa se manifestar esporadicamente, é importante que você identifique os sintomas e procure por apoio médico – e isso terminantemente não significa ter de tomar remédios agressivos ou, até mesmo, caros.

Existem remédios e técnicas naturais que podem aliviar e até mesmo curar a Síndrome do Pânico.

Pronto para descobrir estes pequenos milagres naturais?

1 – Curtir a natureza

Pode parecer banal, mas curtir a natureza não só pode como irá melhorar os sintomas da Síndrome do Pânico. Como a maioria das pessoas que sofrem dessa condição passam grande parte de seus dias dentre quatro paredes em enormes complexos empresariais e em minúsculos apartamentos depois do expediente, é importante sair ao ar livre e aproveitar o que a natureza tem de melhor.

Leia também: PARA ENCONTRAR O BOM HUMOR, BASTA FAZER UMA BREVE CAMINHADA AO VERDE

2 – Meditação

Praticar meditação é uma prática saudável de conhecer o corpo e a alma de forma intensa. É perfeito para aprender a respirar melhor e aliviar as crises mais intensas de Síndrome do Pânico. Por meio da ajuda de profissionais qualificados, quem medita aprende a se livrar de medos e de problemas do cotidiano.

Leia também:

3 – Exercícios

Se você não é muito fã de meditação pode, então, fazer exercícios – de preferência ao ar livre. Quem faz exercícios físicos regularmente - cinco vezes por semana e durante, ao menos, 20 minutos – irá dormir melhor, respirar melhor e ter uma saúde mental excelente, reduzindo e às vezes eliminado por completo a Síndrome do Pânico.

Leia também: IRISINA, O HORMÔNIO DO ESPORTE REALMENTE EXISTE?

4 – Relaxar com um animal de estimação

Ter um bichinho de estimação não é apenas responsabilidade, mas sim diversão e amor garantidos. Ter um cachorro, um ratinho ou qualquer outro animal de estimação alivia o estresse e ajuda qualquer pessoa, independentemente da idade, a ter uma vida mais leve e feliz. Mas lembre-se, ter um bichinho de estimação não é o mesmo que ter um brinquedo, ele precisa de cuidados e de muito amor, como uma criança.

5 – Cortar o Fast Food

Sabemos que o dia a dia pode ser caótico, no entanto sua alimentação não deve ser prejudicada por isso. Se alimentar de produtos processados, puramente químicos como fast food não trará nada de bom, apenas mais problemas de saúde.

Leia também: CONHEÇA OS ALIMENTOS QUE TE DEIXAM MAIS FELIZ

6 – Aprenda a dizer não

Esta dica pode parecer estranha mas, na verdade, faz muito sentido. Quando você põe a sua vida à frente de tudo, você com certeza será mais feliz. Não estamos falando em faltar no trabalho aleatoriamente, mas sim de dizer não àquela reunião extra, ou até mesmo àquele jantar de negócios, que, na verdade é apenas uma obrigação. Se você é pago até às 18 horas, trabalhe até às 18 horas e aproveite sua família!

7 – Dinheiro não é tudo

Nem sempre ficar a mais no trabalho lhe recomepensará. Aproveite para viver coisas realmente memoráveis com sua família e amigos. Sabe aquele feriado? Esqueça o trabalho e viva a vida! Seus níveis de estresse irão diminuir muito!

Leia também: CAMERON DIAZ EXPLICA PORQUE DINHEIRO E FAMA NÃO TRAZEM FELICIDADE

8 – Dê valor ao que realmente importa

Sua saúde está em primeiro lugar, não deixe para amanhã. Se você não se sente bem e desconfia que tem Síndrome do Pânico não pense que não irá acontecer com você amanhã. Episódios que são esporádicos podem se tornar constantes. Aplique nossas dicas e mude sua vida para melhor!

Leia também: 10 COISAS A SE FAZER ANTES DE DORMIR, PARA AMAR AINDA MAIS A VIDA

9 – Alimentação equilibrada

Inclua sementes, ervas e produtos naturais na sua alimentação. Agrotóxicos, gorduras e hormônios são muito prejudiciais não apenas para o seu físico mas para a sua mente também.

Leia também: CASTANHA DE CAJU: UM ANTIDEPRESSIVO NATURAL

10 – Evite remédios

Tomar remédios não naturais muitas vezes não é a saída, pense duas vezes antes de tomá-los pois todos os medicamentos têm contraindicações e podem provocar reações adversas, ou seja, talvez resolvam paliativamente um mal causando outro, ou outros, males.

Leia também:

PLANTAS QUE PODEM SUBSTITUIR O PARACETAMOL E O IBUPROFENO

SÍNDROME DO PÂNICO: COMO LIDAR COM ELA. DICAS E REMÉDIOS NATURAIS