Planta-zebra, afelandra, a planta dos Beija-Flores. Como cuidar

  • atualizado: 
Aphelandra squarrosa

A afelandra é uma planta florífera muito chamativa, por isso é muito utilizada na decoração de ambientes internos e fachadas, em vasos ou canteiros, em paisagismo na ornamentação de entradas e alas públicas, praças e orlas.

Está planta também é conhecida como Planta-Zebra, devido as listras em suas folhas. É uma planta tipicamente brasileira e, diga-se de passagem, até nas cores verde das folhas e amarelas das flores.

 

1. Informações Botânicas

Pertencente à família das Acanthaceae, a Aphelandra squarrosa é popularmente conhecida como planta-zebra, afelandra, afelandra-zebra, espiga-dourada, entre outros nomes populares.

Esta planta é uma herbácea nativa da América do Sul que se adapta bem em climas Equatorial, Subtropical e Tropical. O gênero Aphelandra possui cerca de 300 espécies quase todas tropicais.

2. Características da Planta

Esta herbácea possui folhas grandes, ovais e de coloração verde-escura com nervuras bem marcadas de cores brancas ou amareladas, conforme a variedade.

A flor parece uma espiga pontuda e ereta.

Floresce na primavera e verão, com flores de cores amarela ou branca.

Se desenvolve a uma altura 30 cm se for de pequeno porte, e cerca de 2 metros quando de porte maior.

Necessita de meia-sombra e seu ciclo de vida é perene.

3. Variedades

As principais variedades de planta-zebra ou afelandra são:

Fritz Prinsler: de folhas verde-oliva com nervuras amarelas
Leopoldii: de folhas com veias brancas, caule avermelhado e brácteas (base da flor) vermelhas.
Louisae Van Houtt: de folhas com veias amarelas e espiga dourada, de pequeno porte e ideal para vasos.
Brockfeld: não cresce muito e tem folhas de veias amarelas.
Dania: planta de veias brancas ou creme e caule avermelhado.
Ivo: caracterizada pela cor verde-escuro.
Silver Queen: variedade de tonalidade mais clara.

4. Cuidados para o Cultivo

Para se ter êxito no cultivo dessa planta, deve-se seguir os seguintes cuidados:

Para o plantio da planta-zebra, utilizar substrato bem drenável (areia), leve, acrescido de matéria orgânica e irrigado regularmente, realizando o plantio dela em local iluminação difusa ou, se estiver em vaso, colocá-la à meia-sombra.

Ela não se dá bem com frio ou ventanias, necessita de adubações frequentes a cada 15 dias durante os meses quentes.

Em áreas tropicais, a planta-zebra pode ser cultivada no jardim. Já em lugares frios, ela se dará melhor em vasos e jardineiras, em locais protegidos dentro das residências ou varandas cobertas.

5. Propagação

A propagação dessa planta se faz por meio de estacas postas a enraizar em locais protegidos com certa umidade. O ideal é que seja ao final do Inverno.

Para se obter a estaca da planta-zebra, retira-se um ramo da planta e tira-se as folhas da base, enterrando-o em areia úmida e cultivando sem sol até o enraizamento.

A partir do plantio e com os devidos cuidados, as raízes se desenvolvem entre 6 até 8 semanas. Quando a planta começar a se desenvolver é hora de plantá-la em vaso, canteiro ou jardim.

6. Crescimento

A planta-zebra requer uma temperatura entre 18 e 22°C durante a estação de crescimento.

No Inverno, com a diminuição da iluminação solar, esta planta entra em adormecimento (descanso), por isso é necessário diminuir as regas e adubação.

Quando se fizer necessária a poda dos ramos, ela pode ser feita final do Inverno ou início da Primavera.

Na Primavera a planta volta a crescer e renova sua bela folhagem e segue se ramificando e crescendo.

A floração dela começa no final da Primavera e permanece até o Outono. Quando os espinhos começarem a surgir e as flores se abrirem, é necessário intensificar a adubação.

Veja dicas no vídeo do Vida no Jardim mas no lugar da farinha de ossos e do húmus de minhoca comprados em Casas de jardinagem e que são produtos oriundos de exploração animal,  é mais recomendável utilizar a adubagem e fertilização caseira, para isso veja o nosso conteúdo sobre

7. Afelandra, a Flor dos Beija-Flores

Uma curiosidade sobre essa herbácea é que além de sua beleza radiante, com folhas e flores vigorosas de cores intensas e vibrantes, é uma planta que atrai beija-flores.

Ter uma planta dessa no vaso ou no jardim é adicionar mais vida, alegria, energia e amor ao ambiente!

Talvez te interesse ler também:

PANCS NA MERENDA ESCOLAR: JUNDIAÍ É PIONEIRA NO MUNDO!

HELICÔNIAS: VARIEDADES E ESPÉCIES. COMO PLANTAR E CUIDAR DELAS?

10 MANEIRAS DE ELIMINAR AS ERVAS DANINHAS

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!