Você sabia que no verão frutas podem queimar e causar manchas?

  • atualizado: 
caipirinha

Verão combina com frutas, piscina, praia e com uma caipirinha também, não é mesmo? Só que algumas frutas podem ser muito perigosas para a pele quando exposta ao sol.

Para explicar melhor sobre esse assunto, a EBC conversou com o diretor-presidente da Instituto Brasileiro e Auditoria em Vigilância Santiária (Inbravisa), Rui Damenhainn, que explicou sobre queimaduras provocadas por frutas cítricas.

As frutas cítricas - tais como limão, laranja, mexerica, lima, etc. - podem causar graves queimaduras na pele que for exposta ao sol. A doença decorrente dessa exposição é a fitofotodermatose, que acontece com bastante frequência, sobretudo, no verão, quando é comum as pessoas manipularem as frutas que contém o ácido cítrico sob o sol.

O que acontece com a pele

É comum, quando a pele entra em contato com o ácido cítrico sob o sol, ocorrer uma ardência forte. Se inchar e doer mais, a pessoa deve procurar atendimento médico, para evitar tomar remédios antialérgicos e ter queimaduras e manchas mais graves. Mesmo havendo tratamentos a laser, ninguém quer ficar com manchas escuras na pele.

Leia também: MELASMA - MANCHAS NA PELE: DICAS E TRATAMENTOS

Como evitar manchas e queimaduras

É muito comum pessoas estarem na piscina ou na praia e desejarem fazer uma caipirinha, beber um suco refrescante cítrico ou comer uma mexerica gelada. A melhor coisa é ir para a sombra se tiver de manusear uma fruta cítrica e lavar bem as mãos antes de sair para o sol. Desse jeito não haverá problemas.

Cuidados também ao beber sucos para não ficar com bigode de fruta cítrica que também pode manchar.

O que fazer se a pele entrar com contato com ácido cítrico no sol?

No verão é muito comum acontecer a fitofotodermatose, sobretudo, nas férias.

* Após manipular uma fruta cítrica, é importante lavar as mãos e passar protetor solar, para garantir a total proteção. A doença causa manchas, mas quando a pessoa é mais sensível, ela pode pode ter alergia e desenvolver feridas graves.

* O problema ocorre pelo tanto pelo contato com a casca quanto com a polpa, pois o ácido cítrico está no sumo da fruta. É preciso cuidar não só das mãos, mas dos lábios. Por isso, tem que usar protetor labial também.

* Muitas pessoas do sudeste sofrem acidentes com frutas cítricas quando viajam para o nordeste e provam frutas que não conhecem e que são cítricas.

* A orientação é sempre lavar as mãos após manipular uma fruta cítrica e passar o protetor solar após o contato.

* A recomendação vale para todos, pois ninguém sabe qual é o seu grau de sensibilidade às frutas cítricas.

Para maiores informações, consulte o site da Inbravisa e a sua página no Facebook.

Especialmente indicado para você:

QUEIMADURAS DE ÁGUA-VIVA: 10 DICAS, TRATAMENTOS E REMÉDIOS NATURAIS

10 REMÉDIOS NATURAIS PARA PEQUENOS INCONVENIENTES NAS FÉRIAS

QUEIMOU DEMAIS COM O SOL? DESCUBRA O QUE PASSAR NA PELE

MANCHAS NA PELE: 10 TRUQUES E REMÉDIOS NATURAIS

MANCHAS NO ROSTO: 10 REMÉDIOS NATURAIS