Economizar água e energia: um prêmio para as melhores propostas

Economizar água e energia

O Prêmio Ideia valorizará propostas de economia de água e energia. Trata-se de uma iniciativa promovida pela Subsecretaria de Planejamento e Orçamento do Ministério da Educação. Já próximo ao encerramento das inscrições- que vão até os dias 03 e 05 de fevereiro – já foram recebidos mais de 16 mil projetos, com 1.3 milhão de interações, via internet.

A pessoas físicas que fizeram o cadastro na página do projeto, responderam a duas questões:

1. Como reduzir os gastos com consumo de energia elétrica nas instituições federais de ensino?

2. Como reduzir os gastos com consumo de água nas instituições federais de ensino?

Todas as universidades federais do país (63), bem como as instituições técnicas da rede federal (41) toparam o desafio e estão participando. As propostas serão avaliadas segundo alguns critérios, como custo, sustentabilidade e redução do consumo.

A Universidade Federal do Piauí, com 5 milhões de pontos, é a líder nacional da competição e seus dirigentes destacam a importância de se realizar esse tipo de discussão, já que gastos com energia e água estão entre os maiores de qualquer universidade pública, bem como da sociedade em geral. E com a crise hídrica, tudo mudou de perspectiva, com consumidores precisando ser mais responsáveis.

Serão quatro as propostas classificadas nas duas categorias do certame. Os participantes podem receber R$ 20 mil e as instituições, R$8 milhões.

Quando o prazo do concurso se encerrar, equipes técnicas e interdisciplinares examinarão e, as melhores iniciativas, ficarão em um banco de dados, chamado de Coletânea de Boas Práticas, a ser ofertada pelo Ministério para as demais instituições federais de ensino do país.

O resultado será divulgado em 03 de março. Maiores informações, você conhece na página do Prêmio ideia.

Leia também: Garota de 13 anos descobre a solução para limpar os vazamentos de petróleo no mar

Fonte foto: freeimages.com