©ScharabiArchitektur

Chega de cimento! Prédio de madeira é o novo modelo de construção

Chega de cimento! Prédio de madeira é o novo modelo de construção

Prédios feitos de madeira serão cada vez mais comuns, pelo menos em Berlim, na Alemanha.

A indústria do cimento emitiu 3 vezes mais carbono do que o setor de aviação, de acordo com o IPCC (o Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas). A mudança da matéria-prima da construção civil está diretamente relacionada às emissões de gases CO2.

O concreto, aos poucos, vai sendo substituído pela madeira, que retém o gás carbônico.

A necessidade de se implementar esse novo modelo na construção civil é urgente! Segundo a ONU (Organização das Nações Unidas), as emissões da construção civil são responsáveis por 38% dos gases globais de CO2.

Da estética à necessidade

O arquiteto alemão Farid Scharabi, pioneiro na construção de prédios de madeira, afirma ter enfrentado dificuldades ao longo dos seus 10 anos de experiência. O início do processo da nova construção civil com madeira foi estético:

“Nossa empresa se interessou pela madeira não por motivos ecológicos, para ser sincero, em 2007 ou 2005, começamos a nos interessar pelo material pelo aspecto estético.”

Anos mais tarde, veio ocorrer a junção da estética com o aspecto ecológico, sendo seu projeto  um dos finalistas do Prêmio Alemão de Sustentabilidade de 2021.

O objetivo é construir com madeira conglomerados e prédios públicos, como escolas, pois este formato apresenta uma maior qualidade, trazendo um ambiente confortável e atmosfera diferente, alcançando uma neutralidade climática dentro do espaço urbano.

Esse tipo de construção prioriza apartamentos para diversas camadas sociais beneficiando e ampliando a melhora do convívio em sociedade.

A madeira é um material vivo que se move e sofre adversidades naturais, diferentemente do concreto que é estável e fixo. A solução para estas intempéries pode ser feita de forma coletiva para os problemas estruturais.

O Brasil também vem investindo em inovações ecológicas no setor da bioarquitetura e construção

Apesar das diferenças e controvérsias de se usar madeira x cimento, cada vez mais, a madeira está ganhando espaço na construção civil por seu potencial leve e resistente.

A necessidade de diminuir a emissão de gases de efeito estufa na atmosfera, que causam o aquecimento global, é urgente. Claro que não é uma questão de substituir um material por outro. É necessário que a madeira usada seja obtida de reflorestamento, extração responsável e sustentável, bem como que todo o processo de edificação seja baseado nos princípios da bioconstrução.

A inovação precisa acontecer de forma equilibrada ao sistema ecológico, buscando assim uma maior sustentabilidade e melhoria para a sociedade auxiliando na diminuição do impacto do ser humano na natureza.

A revolução da madeira. Chega de cimento!

Este vídeo traz a discussão sobre a troca do cimento pela madeira, levantando os prós e os contras dessa substituição.

Acompanhe!

Talvez te interesse ler também:

O laptop ecológico e de baixo custo, é de madeira e funciona a energia solar!

24 árvores derrubadas a cada segundo, 99% por desmatamento ilegal

Templo de bambu no México é exemplo de arquitetura sustentável

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *