O tijolo do futuro será ecológico, econômico e preto

Tijolo do futuro

Nasce um novo projeto para a produção de tijolos sustentáveis. O tijolo do futuro será ecológico, econômico e preto, produzido através de resíduos industriais. O novo tijolo se chama Eco Blac Brick Masonry e pode vir a ser o novo protagonista da bioconstrução.

O tijolo foi desenhado por um grupo de alunos do MIT e é caracterizado visualmente pela cor preta. Sua produção permite reciclar resíduos de papel e papelão com a adição de cal e argila, utilizando a enorme quantidade de cinzas produzidas pelas fábricas de papel que muitas vezes iriam parar nos aterros sanitários.

O Blac Brick se difere dos tijolos tradicionais porque a combinação dos componentes não necessitam dessecagem ao forno. Com efeito, uma vez que se dá a forma aos tijolos, eles se secam e se endurecem à temperatura ambiente. E é nessa fase, onde a produção se dá sem a liberação de gases de efeito estufa para a atmosfera, que o tijolo se confirma como super ecológico.

A ideia para a sua realização nasceu depois de ter sido detectado na Índia altos níveis de poluição causada pelo setor da produção de tijolos. Para resolver o problema, os alunos do MIT decidiram criar um tijolo econômico e ecológico adequado para a construção de edificações de baixo custo para as famílias de baixa renda. O novo tijolo é, portanto, parte de um projeto mais amplo, de sustentabilidade ambiental e de inclusão social.

Fantástico!

Leia também:

AR-CONDICIONADO NATURAL: PESQUISA CRIA TELHA QUE RESFRIA O AMBIENTE

ALUNOS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS CRIAM UM CIMENTO ECOLÓGICO

UM CIMENTO SUSTENTÁVEL, FEITO DE RESTOS DE CERÂMICA E AZULEJOS

Fonte foto:mit