Em Lisboa, o bar é um jardim vertical

bar é um jardim vertical

Um bom bate-papo com os amigos no coração de Lisboa, se faz no Espaço Espelho D'água, um bar/restaurante/galeria de paredes vivas. O novo espaço construído a poucos passos do rio no bairro Belém, escolheu o verde para revestir seus 113 m2 de paredes.

Uma mistura feita de rhipsalis, ficus, begônia e streptocarpus envolve as quatro paredes da cozinha do lugar, localizado em um pavilhão renovado que remonta aos anos 40. Várias janelas cortam as superfícies verdes, permitindo a visão do espaço de um lado ao outro.

O lado de trás do bar é uma massa de vegetação que cria um compacto mosaico juntamente com algumas folhas e flores coloridas. Com mais espaço disponível, a parede oposta é caracterizada por várias espécies de araceae, que hoje ainda são pequenas mas daqui a alguns anos dominarão o lugar com suas grandes folhas.

Um lugar projetado para ser modificado ao longo do tempo, seguindo os ritmos da natureza. Até as samambaias nos cantos são agora apenas uma prenúncio do que serão daqui a algum tempo, quando elas criarão uma espécie de efeito cascata com suas folhagens.

Os lados curtos do espaço dão acesso à cozinha. De um lado, há muitas plantas de alocasia e antúrios de folhas escuras, que dão uma coloração peculiar.

Esta é a visão noturna do lugar onde o que se vê dentro, se parece mesmo com um jardim.

Obra-prima criada pela imaginação do homem, mas pintada com as cores que só a natureza proporciona. Jardins verticais são cada vez mais presentes nas cidades do mundo inteiro. Ainda bem!

Leia também: Jardim Vertical – Faça você mesmo

Fonte fotos: Verticalgardendesign