A Riqueza de um Rei cujo Castelo é de Areia

A Riqueza de um Rei cujo Castelo é de Areia

Um rei e seu castelo. Conheça a história de Márcio, um artista brasileiro que fez da sua obra a sua vida, a sua moradia. E o seu castelo parece, mas não é de areia!

Quem não conhece a expressão “castelo de areia”? Ela significa a riqueza frágil, efêmera, falsa ou ilusória.

Márcio é uma artista plástico que há 22 anos mora em sua própria obra de arte. Um castelo de frente ao mar da cidade do Rio de Janeiro.

Conhecido como “o Rei”, Márcio tem muito a nos ensinar sobre o verdadeiro sentido da palavra riqueza, pois seu verdadeiro castelo não é areia!

Poucas são as pessoas que sabem viver a vida de maneira simples, alegre e otimista. Poucas são as pessoas que sabem construir e destruir seus castelos, sem mágoas, porque a vida é assim: efêmera, um dia estamos pra cima, outros dias estamos pra baixo. O importante é saber dar sempre espaço para a mudança.

Quem tem perseverança, lucidez de espírito e bons propósitos, enxerga sempre o copo meio cheio, mesmo nas piores das situações da vida.

Que exemplo de vida este rei nos dá! Um exemplo de desapego, um exemplo da importância da arte e da cultura em nossas mentes para construirmos uma verdadeira riqueza, impagável, sem valores, porque “nossa”.

Quantos milionários, no fundo no fundo, trocariam seus castelos reais por este de areia?

Pense nisso!

Veja o vídeo abaixo que mostra a vida do Rei Márcio, e deixe seus comentários 🙂

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *