Lata 65, a arte de rua que não tem idade e quebra estereótipos 

lata-65-capa

Em Portugal a arte de rua não tem idade e está quebrando estereótipos.

Graffiti e street art muitas vezes são causas de mal-entendidos entre jovens e idosos. Mas em Lisboa algo está mudando.

No país do fado nasceu a Associação Lata 65 que está trabalhando para quebrar os estereótipos relacionados com a idade e transformando idosos em verdadeiros artistas de rua, proporcionando-lhes latas de tinta spray, máscaras e luvas. A iniciativa envolve um grupo de pelo menos 100 idosos.

A Associação também está envolvida na identificação de locais adequados na cidade onde se possa grafitar a vontade. É um projeto de arte dedicado aos idosos que começa com a participação destes em oficinas onde aprendem sobre a história da arte de rua e o uso de stencils.

Desta forma, as pessoas mais velhas contribuem para o embelezamento da cidade, melhorando a aparência das suas partes mais degradadas e cinzas. Mas o principal objetivo deste projeto é ajudar os idosos a se aproximarem das novas formas de arte contemporânea e, especialmente, mantê-los entretidos. 

A julgar pelas imagens que retratam suas obras, parece que eles estão fazendo um trabalho muito bom. Nunca é tarde para começar uma nova atividade. Arte é vida!

Lata 65 grafite 1

Lata 65 grafite 2

Lata 65 grafite 3

Lata 65 grafite 4

Lata 65 grafite 5

Lata 65 grafite 6

Lata 65 grafite 7

Lata 65 grafite 8

Lata 65 grafite 9

Gostou da iniciativa? Veja e curta todas as fotos na página Lata 65 no Facebook.

Fonte fotos: facebook