Noruega bate recorde e vende mais carro elétrico que a gasolina

Noruega bate recorde e vende mais carro elétrico que a gasolina

A Noruega tornou-se o primeiro país do mundo onde a venda de carros elétricos superou as outras, em 2020, com 54,3%. O objetivo é acabar com a venda de veículos movidos a gasolina e a diesel, até 2025.

Uma das atitudes adotadas pelo país nórdico, foi isentar os veículos totalmente elétricos dos impostos cobrados sobre aqueles que utilizam combustíveis fósseis. Isso despertou o interesse de outras montadoras em transformar o mercado automotivo em um laboratório, segundo publicou o The Guardian.

A Audi liderou o ranking de 2020 com o seu novo modelo E-tron, fazendo com que o Model 3 da pioneira Tesla, vencedor de 2019, caísse para o segundo lugar.

A expectativa é a de que as vendas de carros elétricos continuem a crescer em 2021. As grandes montadoras como Mercedes-Benz, Kia, Peugeot, Opel, Citroen, DS e Smart preveem que 70% das vendas em 2021, sejam de carros elétricos.

As vendas de carros novos em 2020 somaram 141.412, sendo que 76.789 deles foram elétricos. Em contrapartida, a venda de carros com motores a diesel caiu para 8,6%, um grande avanço que demonstra uma consciência ambiental tanto das montadoras, como dos consumidores.

Para este novo ano, a Noruega espera que mais fabricantes sejam alocados no país, para que consigam atender a demanda consciente.

Enquanto isso, no Brasil…

A Ford acaba de anunciar que fechará todas as suas fábricas no nosso país.

De acordo com a Folha de São Paulo, a empresa já vinha demitindo desde 2020. Hoje, contabilizando 6.171 funcionários contratados, a empresa pretende demitir 5.000 destes sem dar maiores detalhes.

A sede da montadora na América do Sul continuará sendo no Brasil, e alguns pouquíssimos centros continuarão operativos por aqui, mas a notícia é muito triste.

Investir em carro elétrico seria uma saída? Mas quem compraria?

Talvez te interesse ler também:

Objetivo zero emissões: Reino Unido lança trem movido a hidrogênio

Planejamento pós-covid: Paris constrói 650 km de ciclovias

Na Suécia, a primeira smart road do mundo: elétrica onde os veículos recarregam sozinhos

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *