Os pneus serão produzidos com o dente-de-leão?

pneus serão produzidos com o dente-de-leão

Coloque algumas flores em seu carro. Isso mesmo! Os pneus produzidos pela empresa holandesa KeyGene em colaboração com a Kultevat, desenvolveu um sistema para transformar a planta dente-de-leão em borracha.

Além de suas conhecidas propriedades diurética e laxante, o dente de leão tem outra peculiaridade: suas raízes contêm látex, o líquido leitoso que é a fonte da borracha natural.

E é o próprio látex da raiz do dente-de-leão, a matéria-prima que permitirá a realização dos novos pneus. Segundo os cientistas da KeyGene, seria uma pena não aproveitar esta rica fonte de borracha natural, especialmente considerando-se que em 2020 a demanda global por esses materiais será 20% superior a sua produção atual.

O problema com esta planta selvagem, no entanto, é que as suas raízes são muito pequenas para se fazer produção em larga escala. Por esta razão, KeyGene criou um processo que permitirá o desenvolvimento de uma variedade dotada de grandes raízes mais apropriadas ao processamento industrial.

"Estamos fazendo cruzamentos entre dentes-de-leão russo e dentes-de-leão comum, utilizando tecnologias modernas baseadas no DNA", disse o CEO da empresa Arjen Van Tunen. Assim, o material genético com as características apropriadas, foi isolado e sequenciado para criar culturas de qualidade superior, com uma maior tolerância à estiagem e à doenças.

É certo que a manipulação genética é um procedimento eticamente questionável, mas Van Tunen explicou que os métodos da KeyGene não se baseiam na introdução de "um gene de uma espécie diferente dentro de cultivações", mas "das espécies que temos". "Se poderia dizer que o que fazemos é acelerar o sistema de agricultura natural que funciona há centenas de anos".

E existe quem já pensou sobre isso: a Ford está estudando a maneira mais econômica e mais rápida para usar o dente-de leão para produzir seus pneus.