©Alina Zienowicz/Wikipedia

Dragão-d’água-asiático: parem de domesticar este lindo animal

Dragão-d’água-asiático: parem de domesticar este lindo animal

Você conhece o dragão-de-água-asiático? Também conhecido como dragão-d’água-asiático, dragão-d’água-verde, dragão-d’água-tailandês e dragão-d’água-chinês.

Trata-se da espécie Physignathus cocincinus, um réptil verde brilhante encontrado na Tailândia, Vietnã, Camboja, Laos, Birmânia e sul da China.

Eles são escaladores experientes, nadadores fortes. e mergulhadores incríveis Se necessário, eles podem permanecer submersos por até 25 minutos!

Leia também:

Variedade de espécies

Não há nenhuma outra subespécie reconhecida do dragão-d’água-asiático, mas existem outras espécies de lagartos semelhantes, sendo o parente genético mais próximo o dragão aquático australiano (Physignathus lesueurii).

Existem algumas pequenas diferenças com seu irmão, o dragão-aquátic- australiano.

Características

O dragão-d’água-asiático é um lagarto verde escuro a verde brilhante com escamas altas de chifre que vão da cabeça à base da cauda achatada lateralmente.

A cauda é anelada em marrom e verde e termina em uma ponta fina. O dragão aquático chinês usa sua cauda para se equilibrar ao escalar e faz ela de chicote para se defender de predadores.

Os dragões-d’água são sexualmente dimórficos, o que significa que machos e fêmeas apresentam características diferentes.

Os machos geralmente têm uma cor mais viva do que as fêmeas, incluindo uma área laranja brilhante a amarela sob a garganta com tons de rosa perto da mandíbula inferior.

Eles também desenvolvem cabeças, bochechas e sulcos maiores nas costas e no pescoço, e seus poros femorais são geralmente maiores do que os das fêmeas.

Dragões-d’água não têm papada no queixo duplo ou garganta. Eles têm pernas bem desenvolvidas e seus pés têm cinco dedos com garras longas e grossas que terminam em pontas afiadas como agulhas.

Os membros anteriores são geralmente mais finos do que os posteriores e são usados ​​para escalar e agarrar galhos.

As patas traseiras também ajudam na escalada, bem como nadar e pular ou pular de um objeto para outro. Os dragões de água asiáticos também podem ser bípedes.

Quando nervosos ou com medo, esses lagartos se refugiam na água.

Tamanho

Os dragões aquáticos asiáticos atingem normalmente um comprimento de 1 metro e sua cauda representa quase 70 % do comprimento do corpo.

As fêmeas tendem a ser ligeiramente menores que os machos.

Comportamento

Machos e fêmeas ocasionalmente expressam comportamento agressivo entre si na forma de agitar as patas, estufar a garganta, balançar a cabeça e, às vezes, perseguir.

É um animal onívoro.

Esses lagartos geralmente vivem em grupos de um macho e várias fêmeas, e ambos os sexos estabelecem territórios.

O dragão-de-água-asiático pode viver em média de 10 a 15 anos.

©Wasseragame/Wikipedia
©Wasseragame/Wikipedia

Habitat

Eles geralmente vivem em torno de água parada e permanente, como nas margens dos rios, em florestas tropicais e nos pântanos.

Eles são bons escaladores e podem cair dos galhos na água se ameaçados ou com medo.

Vivem em áreas com um nível médio de umidade que varia de 80 % pela manhã a 60 % à noite e temperaturas médias de 23,8 a 29,4 graus Celsius.

Alimentação

O dragão aquático asiático é onívoro, o que significa que sua dieta é baseada em plantas e animais.

A dieta do dragão de água asiático é resumida em

  • roedores;
  • aves domésticas;
  • peixe;
  • invertebrados;
  • vegetação;
  • e ovos.

Sua língua pegajosa e dentes pequenos e pontudos ajudam a pegar e segurar a presa. No Smithsonian National Zoo, os dragões aquáticos asiáticos são alimentados com uma salada de vegetais mistos, baratas, minhocas e grilos.

Leia também:

Predadores

Grandes cobras e aves de rapina são seus principais predadores.

Mas, o ser humano é um dos maiores predadores, já que são caçados para serem vendidos no tráfico de animais selvagens.

Reprodução

Animais de estimação? NÃO!

Apesar de não ser considerado ameaçado, a destruição do habitat selvagem e a coleta contínua de espécimes selvagens para o comércio de animais exóticos representam uma ameaça para a sobrevivência futura da espécie.

O dragão-d’água-chinês está se tornando cada vez mais popular devido ao seu baixo preço em comparação com as iguanas, razão pela qual muitas pessoas querem comprá-los na China e na Indonésia.

Olha que lindo que ele é na natureza.

Talvez te interesse ler também:

Lições da natureza: para fugir de predadores, lagarto abandona sua pele 

Tráfico de animais, um crime perverso sustentado por você! 

Dragão-de-Komodo na lista vermelha da extinção por causa do aquecimento global 

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *